sicnot

Perfil

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC

  • O adeus eufórico dos adeptos chineses a André Villas-Boas
    0:26

    Desporto

    Os adeptos do Shanghai SIPG despediram-se este sábado com euforia de André Villas-Boas. O treinador português saiu este sábado do aeroporto de Xangai, onde centenas de adeptos o esperavam. Os fãs da equipa agradeceram desta forma ao técnico, que esteve um ano na China e terminou o campeonato no segundo lugar. No cargo, vai ser substituído por outro português: Vítor Pereira.

  • O Tabu de Francisco Louçã
    26:09

    Opinião

    Francisco Louçã esteve na Edição da Noite desta sexta-feira para mais um Tabu, em que analisou a decisão da agência Fitch de retirar Portugal do nível "lixo", a polémica sobre a associação Raríssimas, as mudanças nos recibos verdes e a derrota republicana no estado norte-americano do Alabama.

    Francisco Louçã

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • "O sistema é uma porta aberta para toda a espécie de falcatruas"
    3:52

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, a reportagem especial da SIC "Negócios do Fogo", que revela que o Estado gasta centenas de milhões de euros para financiar os meios de combate aos fogos. O comentador da SIC defendeu que o sistema é como uma "porta aberta", elaborado de forma a que nada seja fiscalizado e permitindo "toda a espécie de falcatruas".

    Miguel Sousa Tavares