Última Edição

1
0:05

Última Edição

2
1:28

PSD e CDS recusam antecipar Legislativas

3
2:00

Costa defende que Finanças devem ficar fora da agenda de longo prazo do país

4
2:03

Reclusos incendeiam cela durante visita de Assunção Esteves a prisão

5
2:20

Ministro diz que não sabe dos documentos desaparecidos de equipamentos militares

6
2:32

Guiné Equatorial já é membro da CPLP

7
3:00

Fuga da população tornou Donetsk numa cidade fantasma

8
1:21

Avião caiu em Taiwan depois de aterragem de emergência mal sucedida

9
1:26

Sporting goleia Achilles por 2-5

10
1:20

Benfica perde com Marselha por 2-1

11
0:32

Siza Vieira doa acervo à Gulbenkian, Serralves e ao Centro Canadiano de Arquitetura

12
3:56

Filme "O nosso vídeo proibido" chega às salas portuguesas

15:02 10.06.2011

Coimbra: Câmara volta a lançar concurso para construção e exploração de complexo funerário

Coimbra, 10 jun (Lusa) -- A câmara de Coimbra vai lançar novo concurso para a conceção, construção e concessão da exploração de um complexo funerário, com crematório, em Taveiro, revelaram hoje os vereadores Paulo Leitão e Luís Providência.

Coimbra, 10 jun (Lusa) -- A câmara de Coimbra vai lançar novo concurso para a conceção, construção e concessão da exploração de um complexo funerário, com crematório, em Taveiro, revelaram hoje os vereadores Paulo Leitão e Luís Providência.

O novo caderno de encargos surge com alterações em relação ao anterior, aberto em 2008, na expectativa de que o concurso "não volte a ficar deserto", disse Paulo Leitão, que falava numa sessão de apresentação das novas regras de candidatura à criação e exploração do futuro complexo.

O anterior concurso exigia "uma estrutura muito grande" e, por isso, um investimento "demasiado elevado" para despertar o interesse dos investidores, admitiu o vereador, responsável pelo pelouro de Obras e Infra-estruturas Municipais.

O novo concurso, a lançar em breve, exige, no entanto, que a infraestrutura a construir mantenha "todas as condições para poder ser ampliada em qualquer altura" e para que possa atingir, quando isso se revelar necessário, as dimensões inicialmente previstas, sublinhou Luís Providência.

Envolvendo um investimento superior a um milhão de euros, o complexo funerário, a construir junto ao cemitério de Taveiro, será "dotado de um crematório e áreas técnicas adjacentes, salas de despedida e de velório, cafetaria, instalações sanitárias e áreas complementares", referiu Luís Providência, responsável pelo pelouro dos cemitérios.

No distrito de Coimbra só há um crematório, na Figueira da Foz, prevendo os responsáveis da câmara de Coimbra que o futuro complexo da cidade não se limite a servir apenas o município, mas uma região mais vasta, acrescentou Luís Providência.

JEF

Lusa/Fim

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .