sicnot

Perfil

Lusa

Desemprego: Movimento Sem Emprego exigem medidas de apoio a quem está sem trabalho

Paulo Agostinho

Lisboa, 30 jun (Lusa) -- Os manifestantes do Movimento Sem Emprego (MSE) exigiram hoje junto do Parlamento medidas de apoio aos desempregados, num momento em que o desemprego jovem atinge mais de 30 por cento.

"O trabalhador desempregado não quer esmola, quer direitos para si e para os seus", refere o manifesto aprovado pelos elementos que se concentraram hoje junto à Assembleia da República, depois de um percurso de uma hora desde o Largo Camões, em Lisboa.

O percurso decorreu sem incidentes e foi marcado por palavras de intervenção contra o Governo e muita canções, adaptando as letras de algumas bandas comerciais, como "Coelho Gaspar, Ai. assim você me mata, queremos trabalho", de Michel Teló, ou "Troika olha o desemprego, troika quero trabalhar, troika vai-te embora trabalhar, troika não te queremos cá", dos Pet Shop Boys.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27