Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
1:31

Passos garante que tudo é "realizável" no programa da coligação

2
0:27

Portas promete mais políticas sociais na próxima legislatura se economia crescer

3
0:43

Programa eleitoral sem as contas feitas é "um saco de palavras", diz Costa

4
0:41

Jerónimo de Sousa diz que o Governo está "espartilhado" em soluções

5
1:09

Presidente do BPI garante que não está a trabalhar a fusão com o BCP

6
1:48

Milionários portugueses estão cada vez mais ricos

7
2:07

Lisboa em protesto contra ativistas detidos em Angola

8
0:30

Agualusa fala em "argumentos ditatoriais" na detenção de ativistas em Angola

9
1:07

Incêndio na Galiza coloca habitações em risco

10
0:55

Concurso de televisão australiano leva concorrentes para zonas de guerra

11
0:54

Gaitán "feliz" no Benfica mas sem garantir a continuidade

12
3:40

Ricardo Melo Gouveia está 100 lugares acima de Tiger Woods

13
3:55

Novo "Pátio das Cantigas" chega ao cinema

22:18 12.04.2012

Polícia sérvia recupera quadro de Cézanne furtado e detém quatro suspeitos

REUTERS

A polícia sérvia anunciou hoje a descoberta,  em Belgrado, de um quadro de Paul Cézanne, furtado há quatro anos na Suíça,  e a detenção de quatro suspeitos sérvios. 

A descoberta, hoje divulgada, foi feita na quarta-feira, noticiou a  agência AFP. O quadro "Jovem Rapaz com Colete Vermelho" (1888-1889), cuja autenticidade  foi confirmada por um perito da Suíça, está avaliado em cem milhões de euros,  declarou aos jornalistas o procurador Miljko Radisavljevic. 

A tela foi furtada, em fevereiro de 2008, da coleção E.G.Bhrle, de  Zurique, ao mesmo tempo que outras três, de Edgar Degas, Vincent van Gogh  e Claude Monet, recuperadas em 2008 e 2009. 

O furto foi considerado o maior de sempre do género efetuado na Europa. A pintura de Cézanne foi descoberta dentro do forro do tejadilho de  um carro, depois de a polícia ter seguido a pista de um comprador, que ia  pagar pela tela três milhões de euros, verba que, em grande parte, já tinha  sido dada aos criminosos.  

No momento da detenção dos quatro suspeitos, com cadastro, a polícia  apreendeu armas e munições, bem como 1,5 milhões de euros em dinheiro.  Um dos homens terá participado diretamente no furto e os restantes terão  sido seus cúmplices. 

 

     

 

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Cultura

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .