sicnot

Perfil

Cultura

Festival de cinema Festróia 2015 cancelado por falta de verbas

Ao fim de 30 anos, o Festróia - Festival Internacional de Cinema de Setúbal cancelou a edição de 2015 por falta de verbas, explicou à agência Lusa a diretora, Fernanda Silva.

festroia.pt

"Não temos verbas suficientes para fazer um festival digno. Até aqui fomos conseguindo, mas agora não. Perdemos o apoio de fundos europeus, da Europa Criativa", afirmou a diretora do festival.

O Festróia, um dos mais antigos festivais portugueses de cinema e o mais importante da região de Setúbal, deveria cumprir a 31ª edição na primeira semana de junho, mas a direção decidiu-se pelo cancelamento, por só ter cerca de metade dos 200.000 euros necessários à concretização.

Segundo Fernanda Silva, estavam assegurados apoios financeiros por parte da autarquia de Setúbal e do Instituto do Cinema e Audiovisual, a par de apoios pontuais de outras entidades da região, mas "de apoio privados o festival teve zero".

"Setúbal é uma região pobre, passa por dificuldades e a cultura também começa a levar pancada nesta zona. Dei o meu melhor e estarei por aqui, mas infelizmente é assim", lamentou a diretora do Festróia.

Fernanda Silva disse que "os apoios europeus também sofreram cortes e estão cada vez mais dificultados. São apoiados menos festivais portugueses e o Festróia que recebia sempre o apoio máximo [75.000 euros], desta vez não teve apoio. Não se percebe".

Em 2014, no Festróia, o Golfinho de Ouro foi atribuído ao filme "As crianças do sacerdote", de Vinko Bresan (Croácia/Sérvia), tendo ainda sido homenageado o produtor português Paulo Branco.

O realizador Hans Petter Moland conquistou o Golfinho de Prata de melhor realizador, pelo filme "Em ordem de desaparecimento", da Noruega.

Durante dez dias, o festival exibiu quase duzentos filmes e dedicou parte da programação ao cinema alemão.

Habitualmente, a programação contemplava ainda primeiras obras, cinema para os mais novos e uma secção dedicada ao "Homem e a natureza".

O festival Festróia, que atribuia anualmente o prémio Golfinho de Ouro, teve a primeira edição em 1985.



Lusa
  • Trump convida Putin a visitar EUA

    Mundo

    O Presidente dos EUA, Donald Trump convidou o homólogo russo a visitar a Casa Branca e Vladimir Putin ter-se-á mostrado disponível a visitar o país em breve, segundo a agência de notícia russa RIA Novosti que cita o chefe da diplomacia de Moscovo.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16
  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC