sicnot

Perfil

Cultura

João Viana selecionado para o Cinéfondation do Festival de Cannes

O realizador português João Viana irá apresentar, em maio, em França, o projeto do filme "Our Madness", no "Atelier de la Cinéfondation", uma iniciativa do Festival de Cinema de Cannes que permite o acesso a coproduções internacionais.

© Eric Gaillard / Reuters

A organização do festival de Cannes anunciou hoje a lista dos quinze realizadores e projetos selecionados - os que são considerados "mais promissores" - para a edição deste ano do "Atelier de la Cinéfondation" e, entre eles, está João Viana e o projeto da segunda longa-metragem de ficção, "Our Madness". 

O Cinéfondation foi criado em 2005, no âmbito do festival de Cannes, com o objetivo de "estimular o cinema criativo e encorajar o aparecimento de uma nova geração de realizadores", proporcionando-lhes acesso a coprodutores internacionais que permitam "acelerar a conclusão" dos seus projetos.

Contactado pela agência Lusa, João Viana, autor de "A batalha de Tabatô", explicou que "Our Madness" é um retrato sobre a atualidade política e social de Moçambique. O argumento é do realizador e a rodagem deverá ter início depois do verão, um pouco por todo aquele país africano.

A coprodução será entre Portugal, França e Moçambique.

João Viana, filho de portugueses e nascido em Angola, é autor de várias curtas-metragens, selecionadas para festivais internacionais, e da longa-metragem "A batalha de Tabatô", rodado numa aldeia na Guiné-Bissau, um filme já premiado em Berlim.

Sobre a seleção de "Our Madness", João Viana mostrou-se entusiasmado, afirmando que o Cinéfondation representa uma maior projeção dentro do festival. "É muito assustador, mas há que aproveitar a oportunidade. Eu julgava que o primeiro filme era o mais importante [na carreira de um realizador], mas afinal é o segundo. O Tabatô foi feito sem dinheiro nenhum e correu bem. Vamos ver".

Este ano, o Atelier de la Cinéfondation decorrerá de 13 a 24 de maio e conta com 15 realizadores de 14 países, nomeadamente Colômbia, Irão, Sri Lanka, África do Sul, Espanha e França, e também do Brasil, com "Butterfly Diaries", projeto de Paula Un Mi Kim.








Lusa
  • Quatro pessoas assassinadas em Barcelos

    País

    Quatro pessoas, entre elas uma grávida, foram assassinadas hoje em Tamel, no concelho de Barcelos. As vítimas terão sido esfaqueadas e o suspeito já se entregou.

    Em desenvolvimento

  • Défice de 2016 fica nos 2,1%

    Economia

    O défice orçamental ficou nos 2,1% do PIB em 2016, em linha com o previsto pelo Governo. É o valor mais baixo em democracia. Está aberto o caminho ao fim do Procedimento por Défices Excessivos.

    Em desenvolvimento

  • Libertado o ex-Presidente egípcio Hosni Mubarak

    Mundo

    O ex-Presidente egípcio foi libertado hoje, depois de ter sido absolvido por um tribunal de recurso, no início deste mês. Hosni Mubarak estava agora confinado a um hospital militar. O antigo chefe de Estado tinha sido condenado em 2012 pela morte de manifestantes nos protestos da Primavera Árabe.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • "Nós aceitamos sempre os resultados das eleições"
    1:07

    País

    Durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa, o líder dos sociais-democratas garantiu que o partido tem fair-play mas disse que está nas eleições autárquicas para ganhar. Pedro Passos Coelho acrescentou ainda que o PSD aceita sempre os resultados das eleições.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Data e local da canonização serão anunciados a 20 de abril
    2:23

    País

    O Papa aprovou esta quinta-feira o decreto que valida o milagre atribuído a Francisco e Jacinta. A data e local da cerimónia da canonização dos pastorinhos serão anunciados a 20 de abril, na reunião de cardeais no Vaticano. O Bispo de Leiria/Fátima acredita que a cerimónia possa ser a 13 de maio, durante a visita do Papa a Fátima.