sicnot

Perfil

Cultura

Governo grego vai reabrir televisão pública ERT

 O governo grego apresenta hoje no parlamento uma proposta de lei para a reabertura da televisão pública ERT, encerrada a 11 de junho de 2013, e a readmissão dos trabalhadores despedidos que queiram regressar à estação.

© John Kolesidis / Reuters

Numa entrevista publicada em janeiro, Nikos Pappas, conselheiro do primeiro-ministro Alexis Tsipras, afirmara a intenção do governo de reabrir a ERT e assegurara que a estação ia "recomeçar do zero", sem as diferenças salariais da antiga televisão, para "acabar com os problemas, o favoritismo e o desperdício do passado".


Posteriormente, Nikos Pappas declarou à imprensa grega que o governo não excluía "um aumento da taxa audiovisual" para financiar a reabertura da ERT, que não deverá ter impacto nas finanças públicas.


A ERT fechou no âmbito da política de austeridade imposta pela 'troika' de credores, tendo sido substituída, um ano mais tarde, pelo Nerit, com apenas 500 trabalhadores, cerca de um quinto do pessoal empregado pela anterior estação.


O encerramento da ERT provocou protestos frente ao edifício da estação, apoiados na altura pelo Syriza, e foi condenado pela União Europeia de Radiotelevisão (UER), que reúne as rádios e televisões públicas europeias, tendo a sua reabertura sido uma das promessas eleitorais de Alexis Tsipras.


Lusa
  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.