sicnot

Perfil

Cultura

Festival Músicas do Mundo de Sines mostra em julho nova música da América Latina

A orquestra colombiana La 33, a cantora argentina Soema Montenegro, a MC chilena Ana Tijoux e os mexicanos Troker, nomes da música contemporânea da América Latina, estreiam-se em julho no Festival Músicas do Mundo de Sines (FMM Sines).

CM Sines

De acordo com a organização, o festival dará destaque a "uma nova geração de compositores e intérpretes" da América Latina, seguindo uma linha programática de edições anteriores, a pensar também naquelas latitudes.

Àqueles quatro nomes, todos em estreia em Portugal, o FMM acolherá ainda o regresso do músico e produtor argentino Pedro Canale, que assina como Chancha Vía Circuito. O festival decorrerá em Sines e e Porto Covo entre os dias 17 e 25 de julho.

Com mais de uma década de existência, quatro álbuns e quase mil concertos em todo o mundo, a orquestra LA 33 é considerada, segundo a organização, uma das formações de salsa mais importantes da Colômbia. Formada pelos irmãos Sergio e Santiago Mejía, a orquestra resulta de um cruzamento de afinidades distintas de músicos oriundos da salsa, do rock, do jazz e do reggae. 

Do Chile apresenta-se a MC Ana Tijoux, que se apresenta em nome próprio em Sines depois e ter passado pelo grupo hip hop Makiza. Absorvendo influências da música dos Andes, jazz e funk, a artista editou em 2014 o álbum "Vengo" e venceu um Grammy Latino com uma colaboração com o músico Jorge Drexler.

Soema Montenegro, cantora, compositora e instrumentista, nasceu na Argentina, cofundou o trio de improvisação vocal Adivina e editou em 2008 o primeiro álbum a solo, "Uno Una Uno". Em Sines apresentar-se-á com quatro músicos da banda El Conjuro e com as canções de "Ave del Cielo" (2014), inspirado no canto e no voo das aves. 

Também em estreia estará o sexteto mexicano Troker, formado em 2003 em Guadalajara. "Na sua música de veia experimental fundem-se os universos do jazz, do rock progressivo, do funk, do hip hop e das músicas mexicanas de raiz tradicional", descreve a organização.

De regresso está o produtor e DJ argentino Pedro Canale, um dos nomes da cena eletrónica de Buenos Aires, que se apresenta como Chancha Vía Circuito e que editou em 2014 o álbum "Amansara". 

O FMM de Sines já tinha anunciado a presença de seis nomes da música africana, entre os quais Dele Sosimi Afrobeat Orchestra, Ibibio Sound Machine e Toumani & Sidiki Diabaté.

O FMM é organizado pela autarquia de Sines e tem direção artística de Carlos Seixas.

Lusa
  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35