sicnot

Perfil

Cultura

Arquiteto alemão Frei Otto, que morreu segunda-feira, distinguido com Prémio Pritzker

O arquiteto alemão Frei Otto, que morreu segunda-feira na Alemanha, venceu o Prémio Pritzker de Arquitetura, anunciou esta terça-feira em comunicado Tom Pritzker, presidente da Fundação Hyatt, que patrocina o galardão.

"O nosso júri foi claro: na sua opinião, a carreira de Frei Otto é um modelo para gerações de arquitetos e o seu impacto sentiu-se e vai continuar a sentir-se", afirmou Tom Pritzker. (Arquivo)

"O nosso júri foi claro: na sua opinião, a carreira de Frei Otto é um modelo para gerações de arquitetos e o seu impacto sentiu-se e vai continuar a sentir-se", afirmou Tom Pritzker. (Arquivo)

SHIZUO KAMBAYASHI / AP

"O nosso júri foi claro: na sua opinião, a carreira de Frei Otto é um modelo para gerações de arquitetos e o seu impacto sentiu-se e vai continuar a sentir-se", afirmou Tom Pritzker.

"A notícia da sua morte é muito triste, sem precedentes na história do prémio", disse Tom Pritzker, salientando que o arquiteto soube que ganhou o prémio antes de morrer.

Frei Otto foi o quadragésimo laureado com o Prémio Pritzker, conhecido como o Óscar da Arquitetura, e o segundo alemão a conquistá-lo.

O arquiteto foi informado de que tinha ganhado o prémio no início do ano.

"Estou tão contente por receber o Prémio Pritzker e agradeço ao júri e à família Pritzker. Nunca fiz nada para ganhar este prémio", afirmou Frei Otto na altura que soube ter conquistado o mais alto galardão para a arquitetura mundial.

"O meu projeto arquitetónico foi para construir novos tipos de edifícios para ajudar as pessoas pobres na sequência de catástrofes naturais e desastres. O que pode ser melhor para mim do que ganhar este prémio. Vou usar o tempo que me resta para continuar a fazer o que tenho feito, que é ajudar a humanidade. Têm aqui um homem feliz", acrescentou no comunicado.

Frei Otto praticava uma abordagem holística e de colaboração na arquitetura, trabalhando com ambientalista, biólogos, engenheiros, filósofos, historiadores, naturalistas, artistas e arquitetos.

Distinto professor e autor, Frei Otto foi pioneiro na utilização de tendas em estruturas. Acreditava num uso eficiente e responsável dos materiais arquitetónicos que deveriam ter o mínimo impacto ambiental.

Um dos seus trabalhos mais conhecidos são as coberturas das instalações desportivas no Parque Olímpico de Munique e pelo seu trabalho no Médio Oriente.
Lusa
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41