sicnot

Perfil

Cultura

"Capitão Falcão", sátira ao Estado Novo, estreia 23 de abril

O filme português "Capitão Falcão", de João Leitão e protagonizado por Gonçalo Waddington, no papel de um super-herói fascista, estreia-se a 23 de abril em cerca de 50 salas.

Capitão Falcão e Puto Perdiz, interpretados respetivamente por Gonçalo Waddington e David Chan

Capitão Falcão e Puto Perdiz, interpretados respetivamente por Gonçalo Waddington e David Chan

Sendo uma paródia ao Estado Novo, envolvendo fascistas, comunistas e revolucionários, a produção sempre quis apontar a estreia para perto do aniversário da revolução de abril de 1974, explicou João Leitão. Acontecerá este ano com distribuição da NOS Lusomundo Audiovisuais.

A rodagem de "Capitão Falcão" terminou em 2013, mas a pós-produção estendeu-se por mais um ano, por causa dos efeitos especiais e da banda sonora, composta por Pedro Marques e gravada pela Orquestra Sinfónica de Praga.

"Foi um bocado demente, mas foi uma grande aposta nossa, na música e na pós-produção", disse João Leitão.

"Capitão Falcão" conta com Gonçalo Waddington no papel de Capitão Falcão e David Chan no de Puto Perdiz, uma espécie de "Batman e Robin, mas fascistas", disse João Leitão à Lusa num dos últimos dias de rodagem, em novembro de 2013.

É um filme de aventura e ação passado nos anos 60 em Portugal, em que o super-herói tem como missão, a mando de Salazar, defender os valores do Estado Novo e combater os vilões - os que lutam pela liberdade e pela democracia -, como os comunistas e os capitães de abril.

O elenco inclui também José Pinto, no papel de Salazar, Rui Mendes, Luís Vicente, Miguel Guilherme, Carla Maciel, Bruno Nogueira, Nuno Lopes, Ricardo Carriço e um grupo de duplos que interpretaram as cenas coregrafadas de pancadaria, quedas e explosões, supervisionadas pelo ator David Chan.

Com Lusa

  • "Capitão Falcão" em rodagem em Lisboa

    Cultura

    O filme "Capitão Falcão", uma paródia ao período do Estado Novo, está a ser gravado em Lisboa. A longa-metragem só estreará no verão de 2014. O elenco inclui nomes como Gonçalo Wadingotn, Rui Mendes, Miguel Guilherme, Bruno Nogueira, entre outros. O filme é inspirado nas bandas desenhadas, nos super-heróis norte-americanos, na estética e na linguagem dos filmes de lutas dos anos 1960 e 1970.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.