sicnot

Perfil

Cultura

"Capitão Falcão", sátira ao Estado Novo, estreia 23 de abril

O filme português "Capitão Falcão", de João Leitão e protagonizado por Gonçalo Waddington, no papel de um super-herói fascista, estreia-se a 23 de abril em cerca de 50 salas.

Capitão Falcão e Puto Perdiz, interpretados respetivamente por Gonçalo Waddington e David Chan

Capitão Falcão e Puto Perdiz, interpretados respetivamente por Gonçalo Waddington e David Chan

Sendo uma paródia ao Estado Novo, envolvendo fascistas, comunistas e revolucionários, a produção sempre quis apontar a estreia para perto do aniversário da revolução de abril de 1974, explicou João Leitão. Acontecerá este ano com distribuição da NOS Lusomundo Audiovisuais.

A rodagem de "Capitão Falcão" terminou em 2013, mas a pós-produção estendeu-se por mais um ano, por causa dos efeitos especiais e da banda sonora, composta por Pedro Marques e gravada pela Orquestra Sinfónica de Praga.

"Foi um bocado demente, mas foi uma grande aposta nossa, na música e na pós-produção", disse João Leitão.

"Capitão Falcão" conta com Gonçalo Waddington no papel de Capitão Falcão e David Chan no de Puto Perdiz, uma espécie de "Batman e Robin, mas fascistas", disse João Leitão à Lusa num dos últimos dias de rodagem, em novembro de 2013.

É um filme de aventura e ação passado nos anos 60 em Portugal, em que o super-herói tem como missão, a mando de Salazar, defender os valores do Estado Novo e combater os vilões - os que lutam pela liberdade e pela democracia -, como os comunistas e os capitães de abril.

O elenco inclui também José Pinto, no papel de Salazar, Rui Mendes, Luís Vicente, Miguel Guilherme, Carla Maciel, Bruno Nogueira, Nuno Lopes, Ricardo Carriço e um grupo de duplos que interpretaram as cenas coregrafadas de pancadaria, quedas e explosões, supervisionadas pelo ator David Chan.

Com Lusa

  • "Capitão Falcão" em rodagem em Lisboa

    Cultura

    O filme "Capitão Falcão", uma paródia ao período do Estado Novo, está a ser gravado em Lisboa. A longa-metragem só estreará no verão de 2014. O elenco inclui nomes como Gonçalo Wadingotn, Rui Mendes, Miguel Guilherme, Bruno Nogueira, entre outros. O filme é inspirado nas bandas desenhadas, nos super-heróis norte-americanos, na estética e na linguagem dos filmes de lutas dos anos 1960 e 1970.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06