sicnot

Perfil

Cultura

Sokolov leva obras de Bach, Beethoven e Shubert à Casa da Música

O pianista russo Grigori Sokolov regressa terça-feira à Sala Suggia da Casa da Música, no Porto, com um repertório constituído pelas obras-primas de Bach, Beethoven e Shubert.

© Gonzalo Fuentes / Reuters

"Grigori Sokolov é considerado um dos maiores pianistas do mundo. A sua singular personalidade e técnica permitem-lhe retirar do piano um conjunto imenso de sonoridades. Tem uma paleta de cores ilimitada, uma imaginação espontânea e um controlo fantástico das linhas melódicas", assim o descreve a Casa da Música, que acolhe o artista em mais um ciclo de piano.

E porque em cada regresso àquela sala de espetáculos, o pianista "apresenta programas novos, constituídos por grandes obras-primas do repertório pianístico, que interpreta num estado de perfeição raro de alcançar", Grigori Sokolov senta-se terça-feira ao piano para interpretar Bach, Beethoven e Shubert.

O recital, marcado para as 21:00, incluirá a "espetacular" Partita n.º 1 em Si bemol maior de Johann Sebastian Bach, uma das "mais célebres obras para tecla" do compositor, "talvez pela frescura e elegância de todos os seus andamentos, bem como pelos recursos técnicos com diversos cruzamentos de mãos", refere comunicado.

Ainda na primeira parte, o programa inclui a Sonata n.º7 em Ré maior de Ludwig van Beethoven, "a terceira de um tríptico catalogado como opus 10, conjunto dedicado à condessa Anna Margarete von Browne", acrescenta o documento da Casa da Música hoje divulgado.

A segunda parte será dedicada a Franz Schubert, com Grigori Sokolov a interpretar a Sonata para piano nº 14 em Lá menor, um tema escrito em 1823 e dos "mais populares" pelo seu ambiente "marcado por um pendor trágico, desolado e simultaneamente terno".

Six Moments Musicaux, também de Shubert, será o remate do recital, assim lembrando canções sem palavras como as "Bagatelles op. 126 de Beethoven pela variedade de sentimentos expressos, ou ainda as Bagatelas de Hummel pelas referências a temas de inspiração popular".

Lusa
  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Baleia morta ao largo da Fonte da Telha, autoridades lançam alerta à navegação
    2:19

    País

    As autoridades maritimas lançaram um alerta à navegação ao largo da praia da Fonte da Telha, na Costa da Caparica, devido à presença de uma baleia morta. O animal de 15 metros está na zona da praia da Fonte da Telha e ao início da tarde estava a ser acompanhada por uma lancha da Marinha, como relatou o repórter da SIC, André Palma.

  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • EUA sonham com "exploração e descoberta" do espaço
    0:39

    Mundo

    Donald Trump confirmou a intenção de criar um sexto ramo das Forças Armadas. Trata-se de uma força espacial independente da Força Aérea e especializada no domínio do espaço sideral. O presidente norte-americano deu ordens ao Pentágono para preparar o domínio do cosmos o mais rápido possível. O anúncio foi feito na Casa Branca, mas só poderá avançar depois da aprovação do Congresso dos EUA.

  • Rapper XXXTentacion morto em aparente tentativa de roubo

    Cultura

    O rapper norte-americano XXXTentacion, de 20 anos, morreu na noite de segunda-feira depois de ter sido baleado, na Florida, no sudeste dos Estados Unidos. Um dos suspeitos terá disparado e atingido o rapper e, de seguida, dois suspeitos fugiram numa viatura escura. A polícia está a considerar tentativa de roubo.