sicnot

Perfil

Cultura

Edição dos 20 anos do Portugal Fashion arranca hoje em Lisboa

A 36ª edição do Portugal Fashion, que comemora os 20 anos do evento de moda, arranca hoje em Lisboa com a apresentação das coleções para a próxima estação fria dos criadores Storytailors e da dupla Alves/Gonçalves.

MIGUEL A. LOPES

Sob o tema "Reflector", o Portugal Fashion volta a começar na capital portuguesa, seguindo depois até sábado no Porto, com desfiles espalhados por diferentes edifícios da cidade.

Os Storytailors, de João Branco e Luís Sanchez, iniciam os desfiles às 19:30, no Palácio da Foz, apresentando uma coleção moldada pelas lãs e pelo algodão e inspirada em contos portugueses e venezuelanos que permitem "associações insólitas de ideias e sensações" e "esperam influenciar a imaginação de quem assiste", segundo informação da organização.

Já na Carpintaria de São Lázaro, a dupla Alves/Gonçalves encerra o primeiro dia do 36.º Portugal Fashion, às 22:30, com a apresentação de uma coleção inspirada num "ambiente sombrio, romântico e introspetivo", na qual predominam as silhuetas longas e o "maxi impera" com cores fortes.

Antes, no mesmo local, pelas 21:30, desfilam as propostas para o próximo outono/inverno da marca Hibu e da jovem criadora Carla Pontes, ambos na plataforma Bloom.

Em termos cromáticos, a Hibu vai apostar nos azuis em tons escuros e claros, nos cinzentos, no verde e no amarelo claro, cores que vão estampar tecidos como a lã, linho e o 'fleece' italiano, num "estilo urbano, desportivo e 'dark' para um cenário minimal e desconstrutivo".

A jovem designer Carla Pontes criou "Órbita", uma coleção reforçada por peças que fazem lembrar "grãos de granito, texturas e terraços", influenciada pela órbitra da Terra.

Para a edição comemorativa das duas décadas do Portugal Fashion estão programados 31 desfiles, que reúnem 17 criadores, nove marcas de vestuário, seis marcas de calçado, seis jovens designers e quatro marcas de jovens estilistas.


Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.