sicnot

Perfil

Cultura

Casa Fernando Pessoa e Fundação José Saramago juntam-se para promoção da leitura

A Casa Fernando Pessoa e a Fundação José Saramago, ambas em Lisboa, anunciaram hoje que vão trabalhar em programação conjunta, para estimular "o prazer da leitura" e divulgar "dois nomes maiores da cultura portuguesa".

josesaramago.org

josesaramago.org

Os dois organismos assinaram um acordo de parceria, válido por um ano, para desenvolver atividades em torno da obra de Fernando Pessoa e de José Saramago. Em breve deverá ser aplicado um bilhete de desconto mútuo para quem visitar os dois espaços culturais.

A Casa Fernando Pessoa abriu em 1993, em Campo de Ourique, na casa onde o poeta de "A mensagem" viveu os últimos 15 anos de vida, e a Fundação José Saramago funciona na Casa dos Bicos, junto ao Tejo, desde 2012. 

Apesar de terem programação cultural própria, as duas estruturas já tinham colaborado esporadicamente no passado, sublinhando agora a intenção de reforçar a parceria.

Em novembro passado, o programa "Os dias do Desassossego", da Casa Fernando Pessoa, contou com uma parceria com a fundação. Mais recentemente colaboraram no ciclo de leitura de contos "Sem casas não haveria ruas", com a editora BOCA.

Em fevereiro, este ciclo decorreu na Casa Fernando Pessoa, em torno da obra de Nuno Bragança. Este mês acontece na Fundação José Saramago, com o contador de histórias Carlos Marques.

Em comunicado conjunto, o diretor da Fundação José Saramago, Sérgio Machado Letria, afirma que este acordo de promoção das obras dos dois autores portugueses tem em atenção o "crescimento do turismo em Lisboa".

A diretora da Casa Fernando Pessoa, Clara Riso, fala numa futura "programação articulada e dialogante" que estimule "o interesse e o contacto dos leitores, com dois grandes escritores que são de Lisboa e do mundo".


Lusa
  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.