sicnot

Perfil

Cultura

Prémios Sophia do cinema português entregues hoje

"Os gatos não têm vertigens", de António-Pedro Vasconcelos, e "Os Maias", de João Botelho - dois dos filmes portugueses mais vistos de 2014 - lideram as nomeações para os prémios Sophia, cuja cerimónia acontece hoje em Lisboa.

Esta é a quarta edição dos prémios da Academia Portuguesa de Cinema, que decorrerá no Centro Cultural de Belém, e cujo tema é dedicado às mulheres na sétima arte.


"Os gatos não têm vertigens", de António-Pedro Vasconcelos, conta com 15 nomeações, nas principais categorias - melhor filme, realização, montagem, fotografia, representação, argumento original. O filme teve cerca de 93 mil espetadores.


"Os Maias -- Cenas da vida romântica", de João Botelho, visto nos cinemas por mais de 114 mil espetadores, em 2014, soma 13 nomeações, também nas principais categorias. Com doze nomeações surge "O grande Kilapy", do realizador angolano Zezé Gamboa.


Para melhor filme estão nomeados "A vida invisível", de Vítor Gonçalves, "O grande Kilapy", "Os gatos não têm vertigens" e "Os Maias". Todos os realizadores estão nomeados na categoria de melhor realização.


Leonor Seixas, Maria do Céu Guerra, Maria João Pinho e Sara Barros Leitão estão nomeadas para o Sophia de representação principal. Para melhor ator principal foram escolhidos Filipe Duarte, Graciano Dias, João Jesus e João Lagarto.


Para melhor documentário vão a votos "Guerra ou paz", de Rui Simões, "Fado Camané", de Bruno de Almeida", "E agora? Lembra-me", de Joaquim Pinto, e "Alentejo, Alentejo", de Sérgio Tréfaut.


A atriz Eunice Muñoz e o ator e encenador Luís Miguel Cintra vão ser distinguidos com o Prémio Carreira.


Os prémios Sophia foram lançados em 2012, para distinguir os profissionais do cinema nacional pelos próprios pares, e incluem cerca de duas dezenas de categorias.


A cerimónia terá transmissão em direto pela RTP2.


Lusa
  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC