sicnot

Perfil

Cultura

O adeus a Manoel de Oliveira

O adeus a Manoel de Oliveira

O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram, esta tarde, no funeral de Manoel de Oliveira. No adeus ao cineasta marcaram também presença muitos dos que trabalharam nos mais de 50 filmes que realizou.

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.