sicnot

Perfil

Cultura

Aprovado voto de pesar da Câmara do Porto e minuto de silêncio pela morte de Manoel de Oliveira

O executivo da Câmara do Porto aprovou hoje por unanimidade o voto de pesar pela morte do realizador português Manoel de Oliveira, ocorrida na quinta-feira, e cumpriu um minuto de silêncio durante a reunião pública da autarquia.

JOS\303\211 COELHO

A proposta, apresentada no período de antes da ordem do dia da sessão pelo presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, pretendeu ainda ratificar o despacho do autarca que decretou três dias luto municipal pela morte do cineasta.

O funeral do realizador português Manoel de Oliveira, que morreu na quinta-feira, realizou-se na sexta-feira, no Porto, com o país a cumprir o segundo dia de luto nacional pelo realizador.

Manoel de Oliveira, que dizia que a vida era um mistério e uma derrota, morreu na quinta-feira, em casa, no Porto, aos 106 anos, tendo a sua morte sido lamentada por variados quadrantes da sociedade e com ecos na imprensa internacional. 

O último filme de Manoel de Oliveira foi a curta-metragem "O velho do Restelo", "uma reflexão sobre a Humanidade", estreada em dezembro passado, por ocasião do 106º aniversário.

No final deste mês ou no começo de maio, será exibido, em Lisboa e no Porto, o filme "Visita ou memórias e confissões", que o realizador Manoel de Oliveira rodou em 1982, para apenas ser mostrado publicamente após a sua morte.

Na reunião de hoje, o executivo portuense aprovou ainda por unanimidade mais três votos de pesar e outros tantos minutos de silêncio pelo falecimento do poeta Herberto Hélder, do economista José Silva Lopes e de Judite Pinheiro Torres, a segunda mulher a exercer o cargo de vereadora da autarquia portuense com pelouro atribuído.


  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC