sicnot

Perfil

Cultura

Novo filme de animação da Pixar mostra mundo das emoções na adolescência

Os estúdios de cinema de animação da Pixar, nos Estados Unidos, estão a preparar a estreia, a 19 de junho, do filme "Inside Out", cuja produção demorou cinco anos e aborda o mundo emocional adolescente. 

© Lucy Nicholson / Reuters

Riley, uma menina de onze anos, é a protagonista da nova longa-metragem de animação, que explora as cinco emoções em batalha constante no interior da sua mente.

As emoções de Riley são lideradas pela alegria, seguida por vezes pela tristeza, o medo, a repulsa ou a raiva.

"É um filme sobre o papel das emoções nas nossas vidas e como nos ligam às outras pessoas", explicou, numa entrevista à agência noticiosa Efe, na sede dos estúdios Pixar, na Califórnia, o realizador Pete Docter, assinalando que se trata de uma obra "muito pessoal".

Explicou que a transformação pela qual passou a filha, Ellie, durante a adolescência, foi uma das fontes de inspiração deste filme, que se baseia também na sua "difícil experiência" pessoal nessa etapa da juventude.

"Os meus pais mudaram-se da Dinamarca quando eu tinha onze anos e foi muito difícil para mim", recordou Pete Docter, acrescentando que teve uma adolescência triste, sentindo-se distanciado das outras crianças e passando grande parte do tempo fechado no quarto a desenhar.

O filme - criado por uma equipa de 250 pessoas - mostra a infância feliz de Riley enquanto vive com a família no Estado de Minesota, nos Estados Unidos, e como as coisas se complicam quando a família decide mudar-se para São Francisco.

De acordo com os estúdios, "Inside Out" é muito diferente das produções da Pixar criadas até agora, porque apresenta de forma paralela o mundo real e o mundo que decorre no interior da mente de Riley.


Lusa
  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.