sicnot

Perfil

Cultura

Projeto Contentores regressa ao Museu da Eletricidade

O Projeto Contentores vai regressar ao Museu da Eletricidade, em Lisboa, a partir de quinta-feira, para exibir um projeto dos artistas António Bolota, João Seguro e Susana Gaudêncio, anunciou hoje a Fundação EDP. 

Fundação EDP

De acordo com a entidade, esta exposição, criada no interior de um  contentor instalado na Praça do Carvão, em frente ao museu, será inaugurada às 18:30 de quinta-feira, permanecendo patente até 10 de maio.

O Projeto Contentores, que usa o formato do contentor como espaço de arte pública para os artistas convidados apresentarem livremente a sua obra, estará pela segunda vez consecutiva no Museu da Eletricidade.

Esta exposição terá como comissários o curador João Pinharanda e Sandro Resende, responsável pelo projeto com cinco anos de existência.

Também na quinta-feira, à mesma hora, serão inauguradas outras duas exposições no Museu da Eletricidade - no Espaço Arte-Tecnologia e na sala Cinzeiro 8 - com obras de artistas influenciados pelo Surrealismo.

"Manual de Conversação" é o título da exposição com obras de Henrique Ruivo, que estará patente até 10 junho com um conjunto de duas dezenas de "caixas surrealistas" - da série "Manual de Conversação" (2005-2007) - e mais de uma dezena de peças tridimensionais - das séries Reconstruções e Cinemas (2014) - todas inéditas.

Pintor, ilustrador e cenógrafo, nascido em Borba, em 1935, Henrique Ruivo revela nesta mostra um trabalho marcado pela narrativa "onde impera o humor, o confessionalismo irónico e o comentário crítico ao meio artístico, social e político", segundo um texto do comissário, João Pinharanda.

Na exposição "Areia", de Luís Silveirinha, que estará patente na sala do Cinzeiro 8 até 14 junho, igualmente comissariada por João Pinharanda, surgem séries narrativas de desenhos coloridos com figuração de influência aborígene.

Nascido em 1968, em Campo Maior, Luís Silveirinha - que tem desenvolvido um trabalho que deriva do surrealismo - mostra nesta exposição uma narrativa sobre os atuais "desastres da guerra, que confrontam, no presente, a civilização ocidental com os fantasmas do seu passado cultural, político e civilizacional", segundo Pinharanda.

As três exposições inauguram na quinta-feira e abrem ao público na sexta-feira.



Lusa
  • Benfica não participa na final da Taça de Portugal de hóquei em patins

    Desporto

    O Benfica anunciou hoje que não vai comparecer na "final four" da Taça de Portugal de hóquei em patins, em protesto com "o estado de degradação que atingiu" a modalidade e com a alegada dualidade de critérios. As "águias" deveriam jogar no sábado com o FC Porto, que se sagrou campeão, no sábado, na segunda meia-final da Taça de Portugal, já depois de a Física de Torres Vedras e o Sporting de Tomar já se terem defrontado em Gondomar.

  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13

    SIC 25 Anos

    No interior do país, a Guarda acusa todas as debilidades de um concelho envelhecido e desertificado. Faltam médicos especialistas e ofertas de emprego que, de ano para ano empobrecem o índice de atratividade da região e aumentam o despovoamento. Mas quem melhor do que as famílias para fazer o retrato da terra onde vivem e trabalham? Uma delas aceitou a proposta da SIC para fazer o roteiro do melhor e do pior da terra que escolheu para educar os filhos.

  • Daesh divulga imagens da destruição da mesquita de Mossul
    1:58
  • "Podemos ser atendidos por um médico branco?"
    0:58