sicnot

Perfil

Cultura

Projeto Contentores regressa ao Museu da Eletricidade

O Projeto Contentores vai regressar ao Museu da Eletricidade, em Lisboa, a partir de quinta-feira, para exibir um projeto dos artistas António Bolota, João Seguro e Susana Gaudêncio, anunciou hoje a Fundação EDP. 

Fundação EDP

De acordo com a entidade, esta exposição, criada no interior de um  contentor instalado na Praça do Carvão, em frente ao museu, será inaugurada às 18:30 de quinta-feira, permanecendo patente até 10 de maio.

O Projeto Contentores, que usa o formato do contentor como espaço de arte pública para os artistas convidados apresentarem livremente a sua obra, estará pela segunda vez consecutiva no Museu da Eletricidade.

Esta exposição terá como comissários o curador João Pinharanda e Sandro Resende, responsável pelo projeto com cinco anos de existência.

Também na quinta-feira, à mesma hora, serão inauguradas outras duas exposições no Museu da Eletricidade - no Espaço Arte-Tecnologia e na sala Cinzeiro 8 - com obras de artistas influenciados pelo Surrealismo.

"Manual de Conversação" é o título da exposição com obras de Henrique Ruivo, que estará patente até 10 junho com um conjunto de duas dezenas de "caixas surrealistas" - da série "Manual de Conversação" (2005-2007) - e mais de uma dezena de peças tridimensionais - das séries Reconstruções e Cinemas (2014) - todas inéditas.

Pintor, ilustrador e cenógrafo, nascido em Borba, em 1935, Henrique Ruivo revela nesta mostra um trabalho marcado pela narrativa "onde impera o humor, o confessionalismo irónico e o comentário crítico ao meio artístico, social e político", segundo um texto do comissário, João Pinharanda.

Na exposição "Areia", de Luís Silveirinha, que estará patente na sala do Cinzeiro 8 até 14 junho, igualmente comissariada por João Pinharanda, surgem séries narrativas de desenhos coloridos com figuração de influência aborígene.

Nascido em 1968, em Campo Maior, Luís Silveirinha - que tem desenvolvido um trabalho que deriva do surrealismo - mostra nesta exposição uma narrativa sobre os atuais "desastres da guerra, que confrontam, no presente, a civilização ocidental com os fantasmas do seu passado cultural, político e civilizacional", segundo Pinharanda.

As três exposições inauguram na quinta-feira e abrem ao público na sexta-feira.



Lusa
  • Atentado "falhado" em Nova Iorque
    1:43

    Mundo

    Uma explosão numa das zonas mais movimentadas de Manhattan fez quatro feridos, esta segunda-feira. Entre eles está o homem que transportava o engenho e que foi entretanto detido.

  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.

  • 10 Minutos com Leonor Beleza
    10:27

    10 Minutos

    A nossa convidada desta segunda-feira ainda é conhecida por ter sido ministra da Saúde e pelo seu trabalho à frente da Fundação Champalimaud. Mas desta vez vamos falar com Leonor Beleza sobre os 40 anos da revisão do Código Civil, em que esteve envolvida.

    Entrevista completa