sicnot

Perfil

Cultura

Camané regressa ao Mosteiro da Batalha no dia 25 de abril

O fadista Camané atua no dia 25 de abril no Mosteiro da Batalha, num concerto onde vai cantar alguns dos temas mais relevantes da sua carreira, mas também do novo disco, a lançar em maio.

iac/www.camane.com

"Vou cantar alguns temas que penso serem os mais relevantes da minha carreira e também vou incluir neste espetáculo, pela primeira vez, ao vivo, um ou dois temas do meu novo álbum, que vai sair no dia 4 de maio", afirmou à agência Lusa Camané.

O fadista disse esperar que "seja uma noite memorável" num monumento onde atuou noutras ocasiões.

"Espero que seja uma noite fantástica como foi das outras vezes. O público é sempre ótimo", declarou.

Camané realçou ainda "uma série de contextos fantásticos" que se juntam no concerto, a realizar num monumento Património da Humanidade, onde se vai cantar fado, que integra a lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade, e no dia 25, quando passam 41 anos sobre a Revolução de Abril.

O presidente da Câmara da Batalha, no distrito de Leiria, entidade organizadora do concerto, salientou igualmente esta "conjugação muito feliz", o espetáculo decorrer num monumento classificado pela UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, entidade que elevou o fado a Património Cultural Imaterial da Humanidade, que será cantado por uma das "suas vozes mais expressivas" e que tem temas "também associados à liberdade".

Paulo Batista dos Santos adiantou que, pela adesão já registada, com "50% dos bilhetes vendidos", espera ter "casa cheia".

O concerto decorre no Claustro do Mosteiro da Batalha, a partir das 21:30.

Este mês, Camané atua, ainda, no sábado, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, Açores, e, no dia 24, na Praça do Município, no Funchal, Madeira, de acordo com a página oficial do fadista na Internet.

Lusa
  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Donald Trump culpa imigrantes por ataque que nunca existiu
    1:01
  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.