sicnot

Perfil

Cultura

Caderno do matemático inglês Alan Turing vendido por um milhão de dólares

Um manuscrito do matemático inglês Alan Turing, retratado no filme "O Jogo da Imitação", foi vendido em leilão por um milhão de dólares, cerca de 900 mil euros.

© Bobby Yip / Reuters

O caderno de Turing, de 56 páginas, contém estudos matemáticos destinados a decifrar mensagens em código transmitidas pelos nazis na Segunda Guerra Mundial.

Alan Turing é considerado o pai da computação moderna e responsável por ter acelerado o fim da guerra. O caderno, de 1942, foi entregue ao amigo Robin Gandy, que manteve a posse do manuscrito até à morte, em 1995.

O próprio Alan Turing ter-se-á suicidado em 1954, depois de ser acusado de indecência moral, por homossexualidade, o que era crime no Reino Unido. O matemático viria a receber uma amnistia póstuma dada pela rainha Isabel II, em 2013. O novo dono do caderno de Turing quis manter-se anónimo.

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15