sicnot

Perfil

Cultura

Obras fecham Castelo de Guimarães dois dias por semana até fim de maio

O Castelo de Guimarães vai estar fechado dois dias por semana até finais de maio por questões de segurança devido às obras para dotar o monumento de melhores condições de acessibilidade e segurança.

Castelo de Guimarães

Castelo de Guimarães

Em comunicado enviado à agência Lusa, a autarquia explica que aquele que foi o monumento mais visitado a Norte de Portugal em 2014 estará de portas fechadas nos dias 22 e 23 (uma quarta e uma quinta-feira), e às segundas e terças-feiras até final de maio (dias 27 e 28 de abril e 04, 05, 11, 12, 18 e 19 de maio). Acresce que na última semana de maio, o castelo encerará quatro dias: segunda, 25, quarta, 27, quinta, 28, e sexta-feira, 29.

Além de dotar o castelo de melhores condições de acessibilidade e segurança, a intervenção, a cargo da Direção Regional de Cultura do Norte e financiada pelo QREN, no âmbito do ON.2 - O Novo Norte, vai ainda instalar "uma nova área de receção aos visitantes, estando, de igual modo, a ser concebida e produzida uma nova exposição permanente a colocar na imponente torre de menagem", adianta a autarquia.

A intervenção naquele monumento nacional representa um investimento global de 430 mil euros, sendo esta a primeira fase de uma projeto mais amplo a realizar até junho.

A construção daquele castelo remonta ao século X, sob ordem da Condessa Mumadona, para defesa do mosteiro de Guimarães, tendo sido alvo de várias intervenções e diferentes épocas.

O aspeto atual do monumento foi fortemente marcado pelas obras de recuperação feitas nos anos 40 do século XX, levadas a cabo no ambiente das comemorações do "Duplo Centenário da Formação da Nacionalidade e da Restauração (1140-1640-1940)".

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.