sicnot

Perfil

Cultura

Nani Moretti, Todd Haynes e Gus Van Sant em competição no Festival de Cannes

Nani Moretti, Gus Van Sant, Jacques Audiard e Todd Haynes são alguns dos realizadores que terão filmes em competição no Festival de Cinema de Cannes, marcado para maio em França, e que não inclui cinema português.

Conferência de imprensa de apresentação dos filmes em competição em Cannes 2015.

Conferência de imprensa de apresentação dos filmes em competição em Cannes 2015.

© Benoit Tessier / Reuters

Na conferência de imprensa, hoje em Paris, a direção do festival falou de uma "seleção de risco" e com vários regressos à competição de Cannes, entre os 1854 filmes submetidos. Foram revelados 16 filmes, mas a seleção não está fechada, devendo incluir no total vinte obras.

A 68ª edição do Festival de Cannes decorrerá de 13 a 24 de maio em França e a abertura será com "La Tête Haute", da realizadora Emmanuelle Bercott, fora de competição.

Da lista de filmes a competição fazem parte "Dheepan", de Jacques Audiard, "A tale of tales", de Matteo Garrone, o realizador de "Gomorra" que já foi premiado em Cannes.

Todd Haynes apresentará "Carol", sobre o relacionamento entre duas mulheres, nos Estados Unidos nos anos 1950, e Hsiao-Hsien Hou, presença regular em Cannes, mostrará "The Assassin".

O realizador italiano Nani Moretti, Palma d'Ouro em 2001 com o drama "O quarto do filho", está de volta ao festival francês com "Mia Madre". O conterrâneo Paolo Sorrentino competirá com "Youth".

Gus Van Sant, que em 2003 foi eleito o melhor realizador com "Elefante", terá "The sea of trees". 

"The lobster", com Colin Farrell e Rachel Weiz, do grego Yorgos Lanthimos, autor de "Canino",  e "Louder than bombs", de Joachim Trier, também foram escolhidos.

Fora de competição, Cannes mostrará, por exemplo, a adaptação de "O principezinho", de Saint-Exupéry por Mark Osborne, "Irrational man", de Woody Allen, e "A tale of love and  darkness", de Nathalie Portman.

Foi ainda destacada a presença, na secção "Un Certain Regard", do filme "Nahid", da realizadora iraniana Ida Panahandeh. 

O júri que decidirá a Palma d'Ouro é presidido pelos irmãos Joel e Ethan Coen. A secção "Un Certain Regard" terá como presidente júri a atriz Isabella Rossellini e a "Cinéfondation" será presidida pelo realizador Abderrahmane Sissako.

Lusa
  • Paula Brito e Costa continua a trabalhar na Raríssimas

    País

    Depois de ter apresentado a demissão do cargo de presidente da Raríssimas, Paula Brito e Costa mantém-se a exercer funções na associação, apurou a SIC. Identifica-se agora como diretora-geral e já comunicou isso mesmo a alguns funcionários.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.