sicnot

Perfil

Cultura

Clã recuperam "Disco Voador" para os mais novos em concertos em Lisboa

O álbum "Disco voador", que os portugueses Clã editaram em 2011 a pensar no público mais novo, serve de mote para dois concertos em julho, no Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa.

Clã - Ana Luandina -2014

Clã - Ana Luandina -2014

De acordo com o teatro municipal, o grupo estará nos dias 4 e 5 de julho no Jardim de Inverno com "uma versão instrumental mais minimal" do "Disco Voador".

Embora o repertório dos Clã convoque também espectadores mais novos, foi com "Disco Voador" que entraram pela primeira vez no universo da infância e juventude, a partir de letras da escritora Regina Guimarães.

Foi uma entrada quase inevitável neste universo dos "supernovos", como disse a vocalista dos Clã, Manuela Azevedo, quando o álbum saiu, em consequência de uma encomenda do projeto "Estaleiro" de Vila do Conde,

"Musicalmente não íamos fazer música mais simples ou mais leve só porque era para miúdos. Tínhamos que os levar a sério como ouvintes, por isso íamos dar-lhes tudo o que sabemos", disse a cantora.

Regina Guimarães, que escreveu sobre a amizade, os amores, os sonhos, a independência, chocolates e aventuras, "não é nada maternalista, leva-os a sério, desafia-os com conceitos esquisitos, com histórias estranhas e personagens que viram tudo do avesso. Não tem medo das palavras e das ideias", sublinhou.

Há canções que são "puro divertimento", como "Curta-metragem", outras que são um "exercício fonético divertido", como o "Chocolatando", e ainda outras que celebram "os amores", como "Embeiçados", elencou Manuela Azevedo.

"Disco Voador" já foi apresentado ao vivo no Centro Cultural de Belém e na Casa da Música e alguns dos temas foram integrados no repertório dos concertos dos Clã.

"Este disco deixou-nos livres para fazer muitas coisas, recorrer a diferentes de instrumentos, formas de compor e de arranjar. Libertou-nos para descobrir outras coisas sobre o que é fazer canções. Foi um voo interessante de descoberta", disse Manuela Azevedo.

Os Clã formaram-se em 1992 e editaram o primeiro álbum, "LusoQualquerCoisa" em 1996, há quase vinte anos. O mais recente disco, "Corrente", é de 2014.

Dos Clã fazem parte Hélder Gonçalves (baixo) Miguel Ferreira (teclados), Pedro Biscaia (teclados), Pedro Rito (baixo), Fernando Gonçalves (bateria) e Manuela Azevedo (voz).

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.