sicnot

Perfil

Cultura

Entrada no Museu do Design e da Moda em Lisboa passa a ser cobrada

As entradas no Museu do Design e da Moda (MUDE), em Lisboa, gratuitas desde a inauguração daquele equipamento, em 2009, vão passar a ser cobradas "brevemente" com o "valor simbólico" de um euro, foi hoje anunciado.

Fonte: MUSEU DO DESIGN E DA MODA (http://www.mude.pt/exposicoes/de-matrix-a-bela-adormecida_7.html)

"Serão cobrados brevemente bilhetes no MUDE", revelou a vereadora Catarina Vaz Pinto, na Assembleia Municipal de Lisboa, referindo que tem havido um "atraso no sistema de bilhética".

De acordo com a diretora do MUDE, Bárbara Coutinho, em declarações à agência Lusa, trata-se de "uma entrada simbólica de um euro", que funciona como "uma espécie de donativo para o museu".

A responsável não avança uma data para o início da cobrança de entradas, mas assegura que "será ainda este ano". No entanto, "mantêm-se os bilhetes gratuitos para escolas e professores".

O MUDE abriu em maio de 2009 no antigo edifício do Banco Nacional Ultramarino (BNU) na Baixa de Lisboa, como novo equipamento cultural da Câmara Municipal de Lisboa, e continua a aguardar obras de adaptação.

Desde a inauguração visitaram aquele espaço 1,8 milhões de pessoas. No ano passado registaram-se 289 mil entradas.

Apesar das paredes descarnadas, no entanto, o museu tem apresentado uma programação constante, com exposições de moda e design, conferências, conversas e lançamentos de publicações destas áreas.

O MUDE possui um espaço de três mil metros quadrados e um acervo com cerca de mil peças de design de equipamento e mais de 1.200 de moda, adquiridas pela Câmara Municipal de Lisboa em 2002 ao colecionador Francisco Capelo.


Lusa



  • Novo dia de protestos contra expropriações na ilha do Farol
    2:30

    País

    A sociedade Polis Ria Formosa concluiu a tomada de posse das construções identificadas como ilegais na ilha do Farol, na Ria Formosa, em Faro. No segundo dia da operação, sob fortes protestos da população, os técnicos da Polis, escoltados pela Polícia Marítima, expropriaram hoje mais 18 construções.

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira