sicnot

Perfil

Cultura

Mais de cem anos de cartoon, caricatura e ilustração portuguesas expostos em Lisboa

Mais de cem anos de história política, social e cultural de Portugal e do mundo são retratados por quatro desenhadores e cartoonistas, numa exposição a inaugurar na quinta-feira no Pavilhão de Portugal, em Lisboa.

À boleia da celebração dos 150 anos do Diário de Notícias, a exposição revelará desenhos originais de Celso Hermínio, Stuart de Carvalhais, Bernardo Marques e André Carrilho, publicados naquele jornal desde finais do século XIX até à atualidade.

São comentários desenhados à atualidade portuguesa e à relação de Portugal com o mundo pela mão de "quatro autores extraordinários" e que colaboraram - André Carrilho ainda colabora - com o jornal centenário, afirmou à agência Lusa a curadora desta exposição, Carolina Costa Pinto.

No total, estarão expostos cerca de cem desenhos, ilustrações, caricaturas, cartoons que registam momentos distintos de finais do século XIX, XX e já do novo milénio, como as convulsões finais da monarquia portuguesa, os primeiros anos da República, as duas guerras mundiais, o Estado Novo e a democracia.

A obra de Celso Hermínio, que morreu em 1904, poderá ser das menos conhecidas entre os quatro autores escolhidos, mas desenhou sobre assuntos que são ainda hoje atuais, sobre crises financeiras, banca e o ser português, afirmou Carolina Costa Pinto.

A exposição reparte os quatro autores por três núcleos: Celso Hermínio com "desenhos que ensinam", Stuart de Carvalhais e Bernardo Marques com "desenhos que falam" e André Carrilho com "desenhos que questionam".

A mostra com obras destes quatro autores integra a exposição "Da Alma de Portugal", comemorativa dos 150 anos do Diário de Notícias e que estará patente no Pavilhão de Portugal até 27 de maio.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.