sicnot

Perfil

Cultura

Mais de cem anos de cartoon, caricatura e ilustração portuguesas expostos em Lisboa

Mais de cem anos de história política, social e cultural de Portugal e do mundo são retratados por quatro desenhadores e cartoonistas, numa exposição a inaugurar na quinta-feira no Pavilhão de Portugal, em Lisboa.

À boleia da celebração dos 150 anos do Diário de Notícias, a exposição revelará desenhos originais de Celso Hermínio, Stuart de Carvalhais, Bernardo Marques e André Carrilho, publicados naquele jornal desde finais do século XIX até à atualidade.

São comentários desenhados à atualidade portuguesa e à relação de Portugal com o mundo pela mão de "quatro autores extraordinários" e que colaboraram - André Carrilho ainda colabora - com o jornal centenário, afirmou à agência Lusa a curadora desta exposição, Carolina Costa Pinto.

No total, estarão expostos cerca de cem desenhos, ilustrações, caricaturas, cartoons que registam momentos distintos de finais do século XIX, XX e já do novo milénio, como as convulsões finais da monarquia portuguesa, os primeiros anos da República, as duas guerras mundiais, o Estado Novo e a democracia.

A obra de Celso Hermínio, que morreu em 1904, poderá ser das menos conhecidas entre os quatro autores escolhidos, mas desenhou sobre assuntos que são ainda hoje atuais, sobre crises financeiras, banca e o ser português, afirmou Carolina Costa Pinto.

A exposição reparte os quatro autores por três núcleos: Celso Hermínio com "desenhos que ensinam", Stuart de Carvalhais e Bernardo Marques com "desenhos que falam" e André Carrilho com "desenhos que questionam".

A mostra com obras destes quatro autores integra a exposição "Da Alma de Portugal", comemorativa dos 150 anos do Diário de Notícias e que estará patente no Pavilhão de Portugal até 27 de maio.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC