sicnot

Perfil

Cultura

Um Van Gogh foi leiloado por 66 milhões de dólares em Nova Iorque

A obra de Van Gogh "L'allée des Alyscamps" foi vendida na terça-feira em Nova Iorque por 66 milhões de dólares (58,7 milhões de euros), o montante mais elevado por uma tela do pintor desde 1998, indicou a leiloeira Sotheby's.

"L'allée des Alyscamps" (pormenor)

"L'allée des Alyscamps" (pormenor)

O quadro tinha sido avaliado em mais de 40 milhões de dólares (35,6 milhões de euros) e foi comprado por um colecionador asiático após uma forte disputa entre cinco licitantes.

O recorde por um Van Gogh continua a pertencer ao quadro "Portrait du Dr Gachet" (1890), que foi vendido por 82,5 milhões de dólares (73,4 milhões de euros) num leilão da Christie's em Nova Iorque em 1990.

Os leilões de arte da primavera começaram na terça-feira em Nova Iorque.

O recorde mundial atingido por um quadro em leilões é de 142,4 milhões de dólares (126,7 milhões de euros), valor obtido pelo tríptico de Francis Bacon "Três estudos de Lucian Freud", vendido em 2013 em Nova Iorque.



Lusa
  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC