sicnot

Perfil

Cultura

The Legendary Tiger Man inicia digressão em França com os Dead Combo

O músico português Paulo Furtado, The Legendary Tiger Man, inicia esta quarta-feira uma digressão em França, que o vai levar aos palcos de Saint-Etienne, Le Bleymard, Niort, Saint-Nazaire, Bordéus, Paris, Roubaix, Mulhouse, Saint-Quentin e Capdenac.

Francisco Seco

Os concertos arrancam em Saint-Etienne, na sala Le Fil, que vai apresentar os Dead Combo na mesma noite de quarta-feira. O duo português também vai acompanhar The Legendary Tiger Man nos concertos do Festival d'Olt, em Le Bleymard, na quinta-feira, e de Niort, na sexta-feira.

The Legendary Tiger Man continua na estrada para a promoção do sexto álbum de originais, "True", lançado em março do ano passado e apresentado dias depois em palcos franceses.

Paulo Furtado vai passar por Paris, a 20 de maio, para um concerto no espaço Petit Bain, com a digressão francesa a terminar a 24 de maio, no festival "L'Autre Festival", em Capdenac-Gare, no sul de França.

Há menos de uma semana, o músico esteve no México e tem programado para o mês de junho vários concertos em Espanha.

Paulo Furtado, vocalista e principal compositor dos WrayGunn, foi fundador da banda Tédio Boys, no final dos anos 1980, e lançou-se a solo em 2001 com o álbum "Naked Blues" (2001), ao qual se seguiram "Fuck Christmas, I got the blues" (2003), "In cold blood" (2004), "Masquerade" (2006) e "Femina" (2009). 

Lusa
  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22