sicnot

Perfil

Cultura

Portugal avança com candidatura do azulejo a Património da Humanidade

Portugal avança com candidatura do azulejo a Património da Humanidade

Portugal vai avançar com a candidatura do azulejo português a Património da Humanidade da UNESCO. A candidatura vai ser preparada pela Direção-Geral do Património Cultural, em parceria com o Laboratório Nacional de Engenharia Civil e a Comissão Nacional da UNESCO, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros. O azulejo português tem origem no século XVI e, nos últimos anos, tem vindo a ganhar destaque, a nível internacional. O anúncio a candidatura foi feito pelo secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, na inauguração da sala D. Manuel, do Museu Nacional do Azulejo, em Lisboa, com um conjunto de azulejos do século XVIII, do pintor Manuel dos Santos.

  • Museu do Azulejo acolhe exposições de cerâmica ligadas ao Islão e ao mar
    2:02

    Cultura

    Há também duas novas exposições para ver no Museu Nacional do Azulejo em Lisboa, que está entre os três mais visitados no país. "Lugares onde estarei" e "Arte Submersa" recorrem à cerâmica para ilustrar diferentes temas e climas. A primeira é da autoria de Cristina Bolborea, ceramista romena que escolheu Portugal como anfitrião à sua obra por o considerar a capital da Cerâmica. Para Lisboa a artista trouxe mais de 100 peças em cerâmica, vidro e metal que nos envolvem no ambiente do Islão. Já o artista Sylvian Bongard inspirou a sua obra no mar. As peças expostas no museu do azulejo revelam a relação entre o homem e a natureza, sem esquecer as consequências. As novas exposições, podem ser vistas até 2 de novembro.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.