sicnot

Perfil

Cultura

Quadro "O Almoço do Trolha" entre 23 obras de Júlio Pomar que vão a leilão

A tela a óleo "O Almoço do Trolha", de Júlio Pomar, é uma das 23 obras do pintor que vão a leilão a 27 e 28 de maio, em Lisboa, pelo Palácio do Correio Velho, anunciou hoje a leiloeira. 

De acordo com a empresa, vão ser apresentados 565 lotes, neste Leilão de Antiguidades, Arte Moderna e Contemporânea, que tem início no dia 27 às 19:30. 

Das 23 obras de Júlio Pomar, oito são originais, e 15 são obras gráficas provenientes da coleção de Maria José Salvador e Manuel Torres, destacando-se, do conjunto, "O Almoço do Trolha", uma das mais importantes do artista e do neorrealismo português. 

Esta tela foi exposta ainda inacabada em 1947, durante a prisão de Júlio Pomar no Forte de Caxias, tendo sido terminada em 1950, tornando-se uma das mais representativas do movimento do Neorrealismo.

"Pisa III", "Luta" e "Tigre" são outras obras de Júlio Pomar que vão a leilão.

Os artistas Artur Bual, José Cargaleiro, Columbano, Costa Pinheiro, Eduardo Viana, Escada, João Hogan, Julião Sarmento, Lima de Freitas, Nadir Afonso, Paula Rêgo e Sá Nogueira também vão estar representados, com obras, neste leilão. 

O engenheiro Manuel Torres foi, na década de 1950, um dos sócios fundadores da Gravura -- Sociedade Cooperativa de Gravadores Portugueses, por onde passaram dezenas de artistas. Ao longo de mais de meio século, foi uma das principais divulgadoras da arte moderna em Portugal.

A Gravura foi criada numa garagem improvisada em Algés, propriedade de Manuel Torres - falecido este ano -, que apoiou a cooperativa e comprou centenas de primeiras obras a artistas que passaram pela cooperativa, até 2004, ano em que se desvinculou desta entidade.

Manuel Torres reuniu uma coleção ímpar no género e, mais tarde, tentou vender parte dela a vários museus, acabando uma extensa parte do acervo por ser adquirida pela Caixa Geral de Depósitos.






Lusa
  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.