sicnot

Perfil

Cultura

Coliseu do Porto arranca ciclo de concertos comentados na próxima sexta-feira

A primeira temporada do ciclo Concertos, Conversa, Coliseu (CCC) arranca sexta-feira no Coliseu do Porto e resulta de um protocolo de patrocínio e parceria artística hoje assinado com a Santa Casa da Misericórdia e com o Politécnico do Porto.

O Coliseu do Porto, inaugurado em 1941, é agora classificado como monumento de interesse público / coliseudoporto.pt

O Coliseu do Porto, inaugurado em 1941, é agora classificado como monumento de interesse público / coliseudoporto.pt

Depois do FLIC -- Festa de Lotação Ilimitada do Coliseu -- é a vez do CCC - Concertos, Conversa, Coliseu -- chegar ao palco daquele que se assume como "a praça coberta do Porto", nas palavras do presidente da direção.

"Estamos sempre a falar de música mas o foco principal [deste novo ciclo] é o educativo", explicou Eduardo Paz Barroso para quem se mostra premente "virar o coliseu para as pessoas que não o frequentam e que podem ali encontrar um motivo de aprendizagem".

Para o CCC o Politécnico do Porto irá contribuir com conteúdos, orquestra sinfónica e coro da ESMAE (Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo) que na sexta-feira sobem ao palco do coliseu para interpretar Beethoven, Dimitris Andrikopoulos e Vaughan Williams, num concerto comentado por Mário Azevedo.

E se a ESMAE contribui com a música e a conversa, a Santa Casa da Misericórdia atribuiu uma verba de 50 mil euros para este e outros projetos do Coliseu do Porto que abrirá portas aos mais desfavorecidos.

"A Santa Casa da Misericórdia do Porto não pode ficar de fora deste momento em que o Coliseu do Porto adquire este novo papel", assinalou o provedor António Tavares que, com o protocolo de patrocínio, espera que cidadãos voltem a usufruir daquele espaço.

Já Rosário Gambôa do Politécnico do Porto, que participa em parceria artística através da ESMAE, defendeu a importância de uma maior ligação e comunicação entre as diversas entidades e atores da cidade, para que esta "seja uma rede de vasos comunicantes".

O concerto de sexta-feira, intitulado "Uma Ode à Paz e à Liberdade" -- marca o início de um ciclo de quatro concertos que, a partir de setembro, marcarão aos domingos a rentrée da cidade no Coliseu onde "todos têm lugar" com "muitos palcos dentro", frisou Paz Barroso.

O novo diretor tem como prioridade "abrir o Coliseu a novos públicos", trazendo à cidade "espetáculos pop rock ou de música que transporte ao imaginário clássico" e ainda o "circo de referência"  

Presente na assinatura do protocolo esteve o vereador da Cultura da Câmara do Porto, Paulo Cunha e Silva, destacou que a própria cidade "é um palco" que deve ser "nutrido e cuidado" e que os diversos equipamentos se devem complementar numa política cultural supletiva.

Lusa
  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • "Vai custar muito a voltarmos à realidade"
    2:22
  • Ministro alemão elogia Centeno que está otimista com o futuro da Zona Euro
    1:13

    Economia

    Mário Centeno diz que a Zona Euro tem um futuro positivo pela frente e acredita que o grupo dos países do euro está alinhado num projeto comum. Declarações do novo presidente do Eurogrupo no final de um encontro com o ministro das Finanças alemão, em Berlim. Peter Altmaier deu Portugal como exemplo de sucesso e reconheceu que foi um erro dividir a Europa entre Norte e Sul durante os anos da crise.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • Quando o frio até as pestanas congela

    Mundo

    Os termómetros desceram até aos - 67º Celsius em Yakutia, 5.300 quilómetros a Este de Moscovo, na Rússia. Nesta região, os estudantes estão habituados a manter as rotinas, mesmo quando as valores chegam aos - 40º Celsius, mas esta terça-feira as autoridades encerraram escolas e aconselharam a população a ficar em casa, longe do frio que até as pestanas congela.

    SIC