sicnot

Perfil

Cultura

Fadista Mariza edita novo álbum, "Mundo", depois do verão

A fadista Mariza edita, depois do verão, um novo álbum, intitulado "Mundo", que apresentará em três concertos em Lisboa e no Porto, entre novembro e dezembro, anunciou hoje a editora Warner Music Portugal.

© Juan Medina / Reuters

Ainda sem data marcada, a editora revela que o disco sairá depois do verão, mas anuncia já as datas de apresentação oficial: 26 e 27 de novembro, no Coliseu do Porto, e 07 de dezembro, no Meo Arena, em Lisboa.

"Mundo" sucederá a "Fado tradicional", álbum que Mariza editou em 2010. Entre ambos, a cantora revisitou a carreira num duplo "Best of", lançado em 2014.

Mariza canta desde os anos 1990, mas editou o primeiro álbum, "Fado em mim", em 2001, valendo-lhe quatro discos de platina. Ao longo de quase 15 anos de carreira, a fadista editou cinco álbuns de estúdio, um ao vivo, uma edição especial com a atuação num programa de Jools Holland, na BBC, e um "best of".

Ao longo da carreira tem recebido várias distinções, nomeadamente a Ordem das Artes e Letras, no grau "Chevalier", de França, a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique, de Portugal, e o Prémio Amália Rodrigues Internacional, em 2005. Em 2009 ganhou o Globo de Ouro de Melhor Intérprete Nacional e esteve nomeada para os Grammy Latinos. Em 2014 recebeu o prémio Womex.

De acordo com a editora, Mariza já vendeu mais de um milhão de discos, em mais de 35 países. As várias digressões internacionais já a levaram a palcos como a Ópera de Sidney, o Carnegie Hall em Nova Iorque, o Walt Disney Concert Hall em Los Angeles e o Royal Albert Hall em Londres.

Nos próximos meses, a cantora andará em digressão entre Portugal e o estrangeiro, com concertos, por exemplo, na Póvoa de Varzim (13 de junho), Paris (26 de junho), Friburgo (7 de julho) Budapeste (14 de agosto).

Lusa
  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.