sicnot

Perfil

Cultura

Rolling Stones dão concerto surpresa em Los Angeles

A banda britânica Rolling Stones deu um concerto surpresa, esta quinta-feira à noite, no Fonda Theatre, em Los Angeles, nos Estados Unidos

Neste concerto surpresa, os Stones tocaram na íntegra o histórico álbum de 1971, "Sticky Fingers", que vai ser reeditado ainda este ano e de que fazem parte grandes êxitos como 'Brown Sugar', 'Wild Horses' ou 'Can't You Hear Me Knocking'. (Arquivo)

Neste concerto surpresa, os Stones tocaram na íntegra o histórico álbum de 1971, "Sticky Fingers", que vai ser reeditado ainda este ano e de que fazem parte grandes êxitos como 'Brown Sugar', 'Wild Horses' ou 'Can't You Hear Me Knocking'. (Arquivo)

© Handout . / Reuters

O grupo britânico anunciou o concerto no Twitter, apenas algumas horas antes. Os bilhetes custaram 4,50 euros e esgotaram em poucos minutos. 

Neste concerto surpresa, os Stones tocaram na íntegra o histórico álbum de 1971, "Sticky Fingers", que vai ser reeditado ainda este ano e de que fazem parte grandes êxitos como 'Brown Sugar', 'Wild Horses' ou 'Can't You Hear Me Knocking'. 

A atuação contou ainda com um tributo ao recém-falecido B.B. King, com uma versão no encore de 'Rock Me Baby'. O concerto antecipou a digressão Zip Code, que começa este domingo e termina a 15 de julho, e que vai correr os Estados Unidos e o Canadá.
  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15