sicnot

Perfil

Cultura

Sensible Soccers e Laetitia Morais estreiam em palco espetáculo "Paulo"

Os portugueses Sensible Soccers e a artista visual Laetitia Morais juntaram-se para um espetáculo "de música mais ambiental e experimental, com uma componente forte de vídeo", que se estreará esta semana em Lisboa.

Sensible Soccers ao vivo

Sensible Soccers ao vivo

©Jaime Serôdio/ Sociedade Portuguesa Autores

Foi assim que o baixista do grupo, Emanuel Coelho, descreveu este concerto à agência Lusa, dias antes da estreia, marcada para quinta-feira, no Teatro Maria Matos (em Lisboa), seguindo-se apresentações na sexta-feira, no GNRation (Braga) e, a 30 de junho, no Teatro Municipal de Vila do Conde.

"Paulo" é o resultado de uma encomenda que estas três entidades fizeram aos Sensible Soccers em parceria com Laetitia Morais, pouco mais de um ano depois de o grupo ter editado o álbum "8".

"É um espectáculo que explora um bocadinho o lado mais ambiental da nossa criação musical, que temos feito mais em estúdio e menos ao vivo. É menos canção e mais experimental. E depois a Laetitia Morais foi uma escolha natural, porque tem uma estética visual com que nos identificamos", afirmou Emanuel Botelho.

Os Sensible Soccers são um quarteto instrumental, cuja sonoridade assenta em guitarra, baixo e sintetizadores, e pode associar-se às correntes do pós-rock, do kraut rock, de algum psicadelismo, da músical ambiental, embora o baixista admita que as conotações musicais sejam difíceis de fazer.

Tal como vários temas anteriores, também este espectáculo foi baptizado com um nome próprio. "Bom, tem que se dar um nome às coisas. Temos o hábito de usar nomes próprios, mas fica um bocado no limbo. Pode ser um objeto, uma personagem. Queremos que o público tenha a sua própria interpretação", disse Emanuel Coelho.

Em palco, a banda e a artista visual estarão numa espécie de diálogo entre imagem e música, e interpretando uma ideia de narrativa, explicou o músico a partir de Fornelo, pequena localidade de Vila do Conde onde o grupo ensaia e trabalha.

Dos Sensible Soccers fazem parte Emanuel Botelho (baixo), Filipe Azevedo (guitarra), Hugo Alfredo Gomes (teclados) e Manuel Justo (teclados e voz). Com uma média de idades a rondar os trinta, os quatro músicos vivem para a banda e geograficamente estão dispersos entre Vila do Conde, São João da Madeira e Coimbra.

Depois de terem feito mais de cem concertos desde 2011 - "o que é bastante para o nosso espectro musical", diz Emanuel Coelho - os Sensible Soccers não deverão dar mais concertos até ao final ano.

Editaram o álbum "8" (2014) e o EP "Sensible Soccers" (2011). 

Lusa
  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.