sicnot

Perfil

Cultura

Sensible Soccers e Laetitia Morais estreiam em palco espetáculo "Paulo"

Os portugueses Sensible Soccers e a artista visual Laetitia Morais juntaram-se para um espetáculo "de música mais ambiental e experimental, com uma componente forte de vídeo", que se estreará esta semana em Lisboa.

Sensible Soccers ao vivo

Sensible Soccers ao vivo

©Jaime Serôdio/ Sociedade Portuguesa Autores

Foi assim que o baixista do grupo, Emanuel Coelho, descreveu este concerto à agência Lusa, dias antes da estreia, marcada para quinta-feira, no Teatro Maria Matos (em Lisboa), seguindo-se apresentações na sexta-feira, no GNRation (Braga) e, a 30 de junho, no Teatro Municipal de Vila do Conde.

"Paulo" é o resultado de uma encomenda que estas três entidades fizeram aos Sensible Soccers em parceria com Laetitia Morais, pouco mais de um ano depois de o grupo ter editado o álbum "8".

"É um espectáculo que explora um bocadinho o lado mais ambiental da nossa criação musical, que temos feito mais em estúdio e menos ao vivo. É menos canção e mais experimental. E depois a Laetitia Morais foi uma escolha natural, porque tem uma estética visual com que nos identificamos", afirmou Emanuel Botelho.

Os Sensible Soccers são um quarteto instrumental, cuja sonoridade assenta em guitarra, baixo e sintetizadores, e pode associar-se às correntes do pós-rock, do kraut rock, de algum psicadelismo, da músical ambiental, embora o baixista admita que as conotações musicais sejam difíceis de fazer.

Tal como vários temas anteriores, também este espectáculo foi baptizado com um nome próprio. "Bom, tem que se dar um nome às coisas. Temos o hábito de usar nomes próprios, mas fica um bocado no limbo. Pode ser um objeto, uma personagem. Queremos que o público tenha a sua própria interpretação", disse Emanuel Coelho.

Em palco, a banda e a artista visual estarão numa espécie de diálogo entre imagem e música, e interpretando uma ideia de narrativa, explicou o músico a partir de Fornelo, pequena localidade de Vila do Conde onde o grupo ensaia e trabalha.

Dos Sensible Soccers fazem parte Emanuel Botelho (baixo), Filipe Azevedo (guitarra), Hugo Alfredo Gomes (teclados) e Manuel Justo (teclados e voz). Com uma média de idades a rondar os trinta, os quatro músicos vivem para a banda e geograficamente estão dispersos entre Vila do Conde, São João da Madeira e Coimbra.

Depois de terem feito mais de cem concertos desde 2011 - "o que é bastante para o nosso espectro musical", diz Emanuel Coelho - os Sensible Soccers não deverão dar mais concertos até ao final ano.

Editaram o álbum "8" (2014) e o EP "Sensible Soccers" (2011). 

Lusa
  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC