sicnot

Perfil

Cultura

Porto vai ter maratona de piano durante 24 horas

Ao longo de 24 horas consecutivas, 130 jovens músicos (e convidados especiais) vão tocar piano em vários espaços da cidade do Porto, naquilo que a organização classifica como a "primeira maratona de 24 horas de piano em Portugal".

© Laszlo Balogh / Reuters

O evento vai começar às 12:00 de sábado, dia 06 de junho, e prolongar-se até às 12:00 do dia seguinte, começando e terminando no mesmo local, o Conservatório de Música do Porto, entidade que organiza, em coprodução com a Câmara Municipal.

De acordo com o cartaz do evento, a "maratona" de piano dura três horas em cada local, prosseguindo às 15:00 de dia 06 no Palacete dos Viscondes de Balsemão, depois às 18:00 no Ateneu Comercial do Porto, às 21:00 no Rivoli - Teatro Municipal e a partir das 00:00 de dia 07 no Clube dos Fenianos Portuenses.

Já com o calendário a marcar dia 07 de junho, os pianistas continuam a tocar no edifício AXA até às 06:00, quando a música se desloca para a estação de São Bento antes de terminar, a partir das 09:00, no Conservatório de Música do Porto.

Entre os convidados especiais vão estar os pianistas Pedro Burmester, Madalena Soveral, Carlos Azevedo e Paulo Gomes.

Lusa
  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44