sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o ator Nuno Melo

O ator Nuno Melo morreu hoje, num hospital em Lisboa, vítima de cancro no fígado. Tinha 55 anos.

Caras

Doente de hepatite C há cerca de nove anos, Nuno Melo descobriu recentemente ter cancro no fígado. A notícia da morte foi avançada pela revista Lux e entretanto confirmada por fonte próxima do ator à agência Lusa.

Nuno Jorge  Lopes de Melo Cardoso nasceu a 8 de fevereiro de 1960, em Castelo Branco. Começou a trabalhar como ator em 1981, no Teatro de Animação de Setúbal, passando depois por companhias como Teatro da Cornucópia, Teatro Aberto ou Artistas Unidos. 

Na televisão estreou-se na telenovela "Vila Faia" mas foi com o papel de Caniço, na novela "Chuva na Areia", em 1984, que ganhou notoriedade. Tornou-se uma presença regular na televisão, nomeadamente em telenovelas, no trabalho com Herman José ("Casino Royal") e na série "Camilo e filho" da SIC.

No cinema trabalhou com realizadores como Manoel de Oliveira, Eduardo Gerra, Edgar Pêra, João Botelho e José Nascimento.


Com Lusa
  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.