sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o ator Nuno Melo

O ator Nuno Melo morreu hoje, num hospital em Lisboa, vítima de cancro no fígado. Tinha 55 anos.

Caras

Doente de hepatite C há cerca de nove anos, Nuno Melo descobriu recentemente ter cancro no fígado. A notícia da morte foi avançada pela revista Lux e entretanto confirmada por fonte próxima do ator à agência Lusa.

Nuno Jorge  Lopes de Melo Cardoso nasceu a 8 de fevereiro de 1960, em Castelo Branco. Começou a trabalhar como ator em 1981, no Teatro de Animação de Setúbal, passando depois por companhias como Teatro da Cornucópia, Teatro Aberto ou Artistas Unidos. 

Na televisão estreou-se na telenovela "Vila Faia" mas foi com o papel de Caniço, na novela "Chuva na Areia", em 1984, que ganhou notoriedade. Tornou-se uma presença regular na televisão, nomeadamente em telenovelas, no trabalho com Herman José ("Casino Royal") e na série "Camilo e filho" da SIC.

No cinema trabalhou com realizadores como Manoel de Oliveira, Eduardo Gerra, Edgar Pêra, João Botelho e José Nascimento.


Com Lusa
  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20