sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o ator Nuno Melo

O ator Nuno Melo morreu hoje, num hospital em Lisboa, vítima de cancro no fígado. Tinha 55 anos.

Caras

Doente de hepatite C há cerca de nove anos, Nuno Melo descobriu recentemente ter cancro no fígado. A notícia da morte foi avançada pela revista Lux e entretanto confirmada por fonte próxima do ator à agência Lusa.

Nuno Jorge  Lopes de Melo Cardoso nasceu a 8 de fevereiro de 1960, em Castelo Branco. Começou a trabalhar como ator em 1981, no Teatro de Animação de Setúbal, passando depois por companhias como Teatro da Cornucópia, Teatro Aberto ou Artistas Unidos. 

Na televisão estreou-se na telenovela "Vila Faia" mas foi com o papel de Caniço, na novela "Chuva na Areia", em 1984, que ganhou notoriedade. Tornou-se uma presença regular na televisão, nomeadamente em telenovelas, no trabalho com Herman José ("Casino Royal") e na série "Camilo e filho" da SIC.

No cinema trabalhou com realizadores como Manoel de Oliveira, Eduardo Gerra, Edgar Pêra, João Botelho e José Nascimento.


Com Lusa
  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.