sicnot

Perfil

Cultura

"Cavalo Dinheiro", de Pedro Costa, vence prémio do júri em Madrid

O filme "Cavalo Dinheiro", do realizador português Pedro Costa, venceu o Prémio Especial do Júri do Festival de Cinema Internacional de Madrid, que encerrou no sábado com uma homenagem a Manoel de Oliveira.

O documentário "Belluscone, uma história siciliana", do cineasta italiano Franco Maresco, venceu a Secção Oficial da competição, anunciou a organização.

A homenagem ao realizador Manoel de Oliveira, que morreu a 02 de abril, aos 106 anos, foi feita com a exibição de "Visita ou memórias e confissões" e "O velho do Restelo".

O Festival de Cinema Internacional de Madrid (Filmadrid), em Espanha, realizou-se pela primeira vez em 2015 e visa, segundo a organização, "mostrar o melhor cinema independente, de autor" e propiciar "a cultura cinéfila dos madrilenos".

O filme "Cavalo Dinheiro" já tinha sido distinguido no Festival do Recife, no Brasil, com os prémios de Melhor Realizador, Melhor Argumento, Melhor Fotografia e da Crítica, e no Festival de Cinema de Locarno, na Suíça, com o Leopardo de Melhor Realizador.
  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.