sicnot

Perfil

Cultura

"Cavalo Dinheiro", de Pedro Costa, vence prémio do júri em Madrid

O filme "Cavalo Dinheiro", do realizador português Pedro Costa, venceu o Prémio Especial do Júri do Festival de Cinema Internacional de Madrid, que encerrou no sábado com uma homenagem a Manoel de Oliveira.

O documentário "Belluscone, uma história siciliana", do cineasta italiano Franco Maresco, venceu a Secção Oficial da competição, anunciou a organização.

A homenagem ao realizador Manoel de Oliveira, que morreu a 02 de abril, aos 106 anos, foi feita com a exibição de "Visita ou memórias e confissões" e "O velho do Restelo".

O Festival de Cinema Internacional de Madrid (Filmadrid), em Espanha, realizou-se pela primeira vez em 2015 e visa, segundo a organização, "mostrar o melhor cinema independente, de autor" e propiciar "a cultura cinéfila dos madrilenos".

O filme "Cavalo Dinheiro" já tinha sido distinguido no Festival do Recife, no Brasil, com os prémios de Melhor Realizador, Melhor Argumento, Melhor Fotografia e da Crítica, e no Festival de Cinema de Locarno, na Suíça, com o Leopardo de Melhor Realizador.
  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sporting critica decisão sobre vouchers antes do dérbi
    2:11

    Desporto

    A pouco mais de 24 horas do dérbi, o polémico caso dos vouchers volta a abalar as relações entre o Sporting e o Benfica. Os "leões" dizem que é falso que a UEFA tenha rejeitado a queixa contra as águias. O Comité Disciplinar do organismo europeu do futebol considerou que não há qualquer ato ilícito nas ofertas dos encarnados a árbitros.Mas para o diretor de comunicação do Sporting, a UEFA decidiu apenas não avançar com um processo porque está em curso uma investigação em Portugal.