sicnot

Perfil

Cultura

Semana Acesso à Cultura abre hoje portas a museus

A Semana Acesso Cultura 2015 vai decorrer de hoje a domingo, abrindo ao público museus e arquivos do país, debates e com a entrega do prémio de boas práticas, na área da acessibilidade cultural. 

M\303\201RIO CRUZ

De acordo com a Acesso Cultura, Associação Cultural, criada em 2013, a iniciativa vai assinalar o segundo aniversário de atividade desta entidade, em parceria com organizações culturais, para refletir sobre acessibilidade.

O programa deste ano inclui a semana Portas Abertas, a partir de hoje, o Prémio Acesso Cultura 2015, que será anunciado na quarta-feira, e um debate sobre projetos participativos, na quinta-feira.

Este ano, a associação lança o desafio da exploração da luz para assinalar o Ano Internacional da Luz, sugerindo aos parceiros do programa a organização de visitas nas reservas ou exposições de museus, nos laboratórios de conservação de arquivos e bibliotecas, e nas salas de espetáculo.

O objetivo é que o público interessado possa aprender com especialistas sobre o efeito - nocivo ou potenciador -- da luz.

O Prémio Acesso à Cultura 2015 será anunciado na quarta-feira às 18:30, no Museu Benfica - Cosme Damião, em Lisboa, com o objetivo de distinguir, divulgar e promover entidades -- desde privadas, públicas, cooperativas, associações - e projetos que melhorem a acessibilidade.

Na quinta-feira, realiza-se o debate "Projetos participativos: Partilhando a responsabilidade", que terá lugar a partir das 18:30, em Lisboa, no Palácio Pimenta, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, e no Museu do Trajo, em São Brás de Alportel.



Lusa

  • "Vai ser uma batalha forte e dura"
    2:51
  • A tática dos 3 Rs de Carlos Queiroz
    1:58
  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.