sicnot

Perfil

Cultura

"Guerra das Estrelas" nos cinemas chineses pela primeira vez

A China vai exibir "A Guerra das Estrelas" pela primeira nos seus cinemas quatro décadas após a saga cinematográfica se ter tornado um sucesso mundial, divulgou hoje a agência noticiosa francesa, AFP.

© Luke MacGregor / Reuters

O Shangai Internacional Film Festival vai mostrar o conjunto dos seis filmes da série "Guerra das Estrelas" pela primeira vez esta semana, com exibições nos principais cinemas chineses, disseram os organizadores do festival.

Em 1977, enquanto as audiências ocidentais seguiam as aventuras de Luke Skywalker, Han Solo e Princesa Leia "há imenso tempo atrás numa galáxia longínqua", a China acabava de sair de uma caótica revolução cultural e confrontava-se com a necessidade de fazer reformas económicas que iriam transformar o país sob regulação comunista.     

As lotações esgotaram completamente num dos cinemas que exibiu o primeiro filme da série.

Entre as diversas estratégias preparadas para receber os fãs, como a música do filme a ser tocada na sala de receção à medida que estes entravam no cinema, sobressaía ainda um homem que vestia uma camisola de C-3PO -- o robô tradutor dourado -, e uma mulher que numa blusa preta ostentava os soldados de branco, fiéis ao Império.  

O assistente de vendas, Joy Han, meteu um dia de folga para ver o filme, apesar de já ter visto todos os seis episódios através da Internet.

"É muito melhor visto no grande ecrã", disse à AFP Joy Han, "isto é uma primeira vez para a China", acrescentou.

Alguns membros da audiência referiram que estavam mais familiarizados com a nova «prequela» - o contrário de sequela -, dos filmes "A Ameaça Fantasma", "O Ataque dos Clones" e "A Vingança dos Sith", do que com os três primeiros filmes: "A Guerra das Estrelas", "O Império Contra-Ataca" e "O Regresso de Jedi".


Lusa


  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.