sicnot

Perfil

Cultura

Novo álbum de Mariza "Mundo" é editado "depois do verão"

A fadista Mariza vai editar o novo álbum, "Mundo", "depois do verão", do qual fará as primeiras apresentações em novembro, no Coliseu do Porto, divulgou hoje a promotora espanhola Syntorama.

© Juan Medina / Reuters

Segundo a mesma fonte, a intérprete, distinguida com vários prémios internacionais, apresenta o novo álbum nos dias 26 e 27 de novembro, no Coliseu do Porto, e no dia 07 de dezembro, na Meo Arena, em Lisboa.

"Mundo" marca "o esperado regresso da mais internacional das artistas portuguesas" ao mercado discográfico, cinco anos depois do álbum de originais "Fado tradicional", afirma a Syntorama.

A criadora de "Ó gente da minha terra" (Amália Rodrigues/Tiago Machado) publicou, entretanto, o duplo álbum "Best of", no qual incluiu a recriação de "É ou não é" (Alberto Janes), do repertório de Amália Rodrigues, e de "Smile" (Charles Chaplin), de Nat King Cole, e gravou o inédito "O tempo não pára", de Miguel Gameiro.

Do "Best of" fazem parte temas criados por Mariza como "Há uma música do povo", "Recusa", "Feira de castro" e "Há palavras que nos beijam", a par de temas do repertório "amaliano", entre os quais "Maria Lisboa", "Primavera", "Medo" e "Oiça lá, ó senhor vinho", e inclui ainda "Menino do bairro negro", de José Afonso, que Mariza gravou no seu CD de estreia, "Fado em mim", e os fados "Loucura" e "Promete jura".

Este é o sexto álbum de estúdio da criadora de "Caravelas" (Florbela Espanca/Tiago Machado), que, desde o início da carreira, já vendeu mais de um milhão de discos, em 35 países, segundo dados da mesma fonte.

Até à apresentação do novo álbum ao vivo, a fadista tem uma agenda de espetáculos que inclui Vila Nova de Gaia, no próximo dia 23, Paris, no dia 26, Rudolstadt, na Alemanha, no dia 04 de julho, seguindo-se Estugarda e Friburgo. No dia 29 de julho regressa a Portugal, para atuar em Cantanhede.







Lusa
  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • Incêndio dominado em Gondomar
    4:25

    País

    Está dominado o incêndio que esta manhã obrigou à evacuação da Escola Secundária de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A repórter Susana Bastos esteve no local.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55
  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    Luís Montenegro garante que nunca será candidato à presidência do PSD contra o Passos Coelho. Convidado da Quadratura do Círculo, na SIC Notícias, o líder da bancada dos sociais-democratas acha mesmo que é um exagero dizer-se que Pedro Passos Coelho está politicamente morto.