sicnot

Perfil

Cultura

Apple cede a Taylor Swift e vai pagar aos artistas

A Apple decidiu pagar direitos de autor aos artistas durante o período de ensaio do seu novo site de música em streaming. Uma decisão que surge na sequência do anúncio da pop star Taylor Swift de que iria boicotar este novo serviço por ser lesivo dos seus interesses financeiros.

© Mario Anzuoni / Reuters

A Apple vai oferecer aos seus utilizadores o serviço de música Apple Music durante o período experimental de três meses, que começará a 30 de junho. Não pretendia, no entanto, pagar os direitos de autor aos artistas autores dessas músicas. 

Taylor Swift insurgiu-se e publicou domingo na Internet uma  declaração dizendo que iria boicotar o novo serviço, retirando o seu novo álbum "1989", afirmando sentir-se "chocada e decepcionada" com a Apple.

Algumas horas depois, o vice-presidente da Apple Eddy Cue anunciou no Twitter a alteração da política de pagamento aos artistas.

"We hear you @taylorswift13 and indie artists. Love, Apple," Cue tweeted. [Ouvimos-te @taylorswift13 e artistas independentes. Cumprimentos, Apple].

"A Apple Music vai pagar aos artistas pelo [serviço de] streaming mesmo durante o período experimental gratuito", para os utilizadores, afirmou o responsável.

Este novo serviço quer vir a ser o "número um" da música online, competindo com os atuais Spotify, YouTube, Deezer e Pandora.


  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.