sicnot

Perfil

Cultura

Temporada 2015/2016 do Teatro Nacional de São Carlos está assegurada

O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, afirmou hoje que a temporada 2015/2016 do Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, está assegurada, mas não confirma a escolha do inglês Patrick Dickie para consultor artístico.

MANUEL DE ALMEIDA

Numa audição parlamentar, Jorge Barreto Xavier foi confrontado pela deputada Gabriela Canavilhas, do PS, de que a tutela estaria a negociar com o programador Patrick Dickie para consultor artístico daquele teatro nacional, sucedendo a Paolo Pinamonti.

Em resposta, o secretário de Estado da Cultura afirmou que o São Carlos "está a preparar a sua programação para 2015/2016", a apresentar em julho, e que nessa altura se saberá quem a desenhou, referindo que "foram faladas pessoas para a consultoria artística" e que Patrick Dickie é "uma referência relevante".

Barreto Xavier justificou-se com "restrições ao nível do financiamento" para a opção de se escolher um consultor artístico e não um diretor para o teatro nacional. E disse ainda que a escolha de um diretor artístico deverá caber ao próximo governo.

Num documento distribuído aos jornalistas, Gabriela Canavilhas afirmou que Patrick Dickie virá para Portugal como "programador", "figura que não existe no organograma do OPART [Organismo de Produção Artística, que tutela o São Carlos".

Segundo a deputada, a escolha de um programador em vez de um diretor artístico é uma "forma de fugir ao 'crivo' das Finanças".

O último consultor artístico do São Carlos foi o italiano Paolo Pinamonti, que pediu rescisão do contrato em dezembro passado. Hoje, Barreto Xavier disse que "houve problemas que levaram à denúncia do contrato" com Pinamonti. 

Antes de ser consultor, Paolo Pinamonti foi diretor artístico do Teatro Nacional de São Carlos de 2001 a 2007. 

De 2007 a 2013 o cargo de diretor artístico de Teatro Nacional de São Carlos foi ocupado por Christophe Dammann e Martin André.

O Teatro Nacional de São Carlos é uma das estruturas culturais sob a alçada do OPART - Organismo de Produção Artística.

Lusa
  • Reportagem Especial dá a voz aos despedidos da banca
    1:18
  • CEMGFA admite que várias armas roubadas estão em condições de ser usadas
    2:06

    Assalto em Tancos

    Afinal há várias armas roubadas em Tancos que estão em condições de ser utilizadas, sendo que apenas os lança-granadas-foguete estão obsoletos. Esta manhã, o general Pina Monteiro admitiu, no Parlamento, que a declaração que fez há duas semanas pode ter induzido em erro a opinião pública. O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) diz, ainda, que se houvesse indícios sobre colaboração do Exército neste caso, os suspeitos estariam presos.

  • Pais de Charlie Gard querem que o bebé morra em casa

    Mundo

    Depois de terem renunciado à batalha judicial para manterem o filho com vida, os pais do bebé britânico Charlie Gard desejam agora levar a criança para morrer em casa. O desejo foi revelado pelo advogado de Chris Gard e Connie Yates, numa audiência esta tarde, no Supremo Tribunal de Londres. Contudo, o hospital responsável pelo caso admite que os cuidados a Charlie não podem ser feitos em casa.