sicnot

Perfil

Cultura

Bailarinos da Companhia Nacional de Bailado deixam cair greve mas mantêm pré-aviso

Os bailarinos da Companhia Nacional de Bailado (CNB) decidiram esta segunda-feira não fazer greve em julho, mas mantêm o pré-aviso "como salvaguarda", caso seja retomada a proposta do Governo sobre o estatuto destes trabalhadores.

Os bailarinos "estão a preparar um projeto para um estatuto que já tem algumas ideias, que, devido ao fim próximo desta legislatura, só será apresentado em setembro". (Arquivo)

Os bailarinos "estão a preparar um projeto para um estatuto que já tem algumas ideias, que, devido ao fim próximo desta legislatura, só será apresentado em setembro". (Arquivo)

Reuters

De acordo com André Albuquerque, da direção do CENA - Sindicato dos Músicos, dos Trabalhadores do Espetáculo e do Audiovisual, os bailarinos reuniram-se hoje para debater a situação da greve, após terem pedido uma garantia por escrito ao secretário de Estado da Cultura, do recuo da proposta. 

O tutelar da cultura disse há uma semana, no parlamento, que a proposta de projeto de lei sobre o estatuto dos bailarinos tinha sido retirada por falta de acordo com os profissionais e por se aproximarem as eleições legislativas.

André Albuquerque disse à Lusa que os bailarinos "querem crer nas garantias dadas pelo secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, no parlamento, e que se vão manter, mas porque noutros momentos deste processo a palavra dada pelo gabinete não foi cumprida, mantém-se o pré-aviso como salvaguarda".

O dirigente sindical disse ainda que os bailarinos "estão a preparar um projeto para um estatuto que já tem algumas ideias, mas que, devido ao fim próximo desta legislatura, só será apresentado em setembro".

Na audição da comissão parlamentar, Barreto Xavier foi várias vezes criticado pelos deputados do PS, PCP e Bloco de Esquerda por não ter chegado a acordo com os bailarinos.

O responsável pela tutela da cultura reconheceu, perante os deputados, que "os bailarinos têm especificidades que têm de ser cuidadas", mas alertou que a CNB tem "um problema grande de sustentabilidade", com trinta bailarinos que não dançam e com os quais são gastos anualmente 1,2 milhões de euros "para não dançar".

O CENA, em representação daqueles profissionais, defende um Estatuto do Bailarino que contemple "o desgaste rápido da profissão; um travão à precarização da profissão, a reforma antecipada ajustada à especificidade da profissão, em função do número de anos de descontos; um regime especial de seguro de acidentes de trabalho que não remeta para a lei geral".

Reclamam ainda "o respeito pela ocupação efetiva dos bailarinos; criação de uma escola que preveja a requalificação dos bailarinos; e o acesso ao ensino superior num regime similar ao dos atletas de alta competição".

Contactado pela Lusa sobre esta posição, o gabinete do secretário de Estado da Cultura respondeu que, "tal como foi dito no parlamento, o projeto estava a ser desenvolvido pela maioria parlamentar e não pelo Gabinete do Secretário de Estado da Cultura". 
Lusa
  • Governo recua no projeto-lei após ameaça de greve dos bailarinos
    0:51

    Cultura

    O Governo já não vai apresentar nesta legislatura o projeto de lei sobre as carreiras e o estatuto profissional dos bailarinos da Companhia Nacional de Bailado que previa fim do vínculo de um bailarino à CNB aos 38 anos. Um esclarecimento deixado esta tarde pelo Secretário de Estado no Parlamento, perante a ameaça dos bailarinos de fazerem greve em Julho.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.