sicnot

Perfil

Cultura

Duas obras de Paula Rego com estimativa de 1,5 M€ vão a leilão em Londres

Duas obras da pintora portuguesa Paula Rego, com uma base de licitação mínima global superior a 1,5 milhões de euros, vão ser leiloadas na quarta-feira, em Londres, pela Sotheby´s, anunciou hoje a leiloeira.

Paula Rego

Paula Rego

AP

As obras intitulam-se "The Cadet and his Sister" (1988), um acrílico em papel sobre tela, com uma estimativa entre 835 mil euros e 1,1 milhões de euros, e "Looking Out" (1997), um pastel sobre papel em suporte de alumínio, com estimativa entre 695 mil euros e 975 mil euros.

"The Cadet and his Sister" aborda o tema da despedida, mostrando um cadete vestido com o uniforme do Colégio Militar, com a irmã, de partida para o serviço militar, enquanto ela se ajoelha e ata os sapatos. 

O tema da despedida remete para um importante acontecimento na vida pessoal da pintora portuguesa, porque em 1988 faleceu o marido de Paula Rego, também artista, Victor Willing.

A leiloeira sublinha que foi igualmente um ano importante na carreira de Paula Rego, quando passou a ser representada pela galeria Marlborough Fine Art, em Londres, tendo sido alvo de uma grande retrospetiva do seu trabalho, pela Serpentine Gallery, na capital britânica.

"Looking Out", criada por Paula Rego em 1997, faz parte de uma série de trabalhos da pintora inspirados no livro "O Crime do Padre Amaro", de Eça de Queirós, que conta a história de um jovem padre que mantém uma relação amorosa clandestina com uma empregada, Amélia.

Amélia engravida e é banida da comunidade, passando a viver no campo, onde vem a falecer durante o parto, tal como a criança.

Esta tela - emblemática de toda a obra de Paula Rego em que denuncia a condição feminina - retrata Amélia, sozinha, debruçada na janela de uma casa, dando uma imagem de frustração e aprisionamento, enquanto espera o dia do parto.

Em março deste ano, foi arrematada por 180 mil euros, num leilão, em Lisboa, a obra "Pioneiros", um acrílico em papel sobre tela criado em 1982, e em Londres, no mesmo mês, foram vendidas meia centena de gravuras representativas de 30 anos de trabalho da artista, num leilão 'online', que ficou abaixo das estimativas iniciais.

A pintora portuguesa, que completou 80 anos em janeiro deste ano, começou a desenhar ainda criança e partiu para a capital britânica com apenas 17 anos, para estudar na Slade School of Fine Art.

Em Londres conheceu o futuro marido, o artista inglês Victor Willing, falecido em 1988, cuja obra Paula Rego já mostrou por várias vezes no museu Casa das Histórias, em Cascais, detentora de um importante acervo da artista.

Na pintura de Paula Rego surgem muitas imagens típicas da infância, por vezes fetichistas e até traumáticas, relacionadas com a violência, e os animais são regulares protagonistas da sua linguagem pictórica.

Nas últimas décadas, a pintora tem abordado temas políticos, como o abuso de poder, e sociais, como o aborto, entre outros do universo feminino.

Paula Rego foi distinguida em 2010 pela rainha Isabel II com o grau de Oficial da Ordem do Império Britânico, pela sua contribuição para as artes.



Lusa
  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • O edifício mais longo do mundo

    Mundo

    Se pensa que já viu tudo em relação aos edifícios mais longos e complexos do mundo, pense duas vezes. O edifício mais longo do mundo pode estar prestes a chegar e promete fazer de Nova Iorque uma cidade ainda mais atrativa.