sicnot

Perfil

Cultura

Katy Perry é a artista mais bem paga do mundo

A cantora norte-americana Katy Perry, que ganhou 121,7 milhões de euros no ano passado, é a artista mais bem paga do mundo, divulgou hoje a agência de notícias francesa AFP, citando a revista Forbes.   

© Mario Anzuoni / Reuters

A artista de 30 anos de idade é ainda a personalidade mais popular da rede social Twitter, com 71 milhões de seguidores, acrescenta a AFP.

Uma agenda artística composta por 150 apresentações mundiais do álbum 'Prism' projetou a cantora "para o primeiro lugar do pódio dos 'rankings' atribuídos pela revista Forbes", destronando a cantora Beyoncé, sua compatriota, que revelou uma queda muito significativa ao passar para 29.º lugar. 

O primeiro lugar foi disputado entre Katy Perry e a banda britânica One Direction, tendo a cantora vencido por pouco, com os músicos londrinos a ganharem 117,2 milhões de Euros.

Na lista da Forbes, com dados recolhidos entre junho de 2014 e junho de 2015, o terceiro lugar coube ao cantor 'country' norte-americano Garth Brooks, com um resultado de 81,1 milhões de Euros.

Lusa

  • Katy Perry atuou no intervalo do SuperBowl
    1:23

    Cartaz

    A SuperBowl, a final da liga de futebol americano, é um dos maiores espetáculos desportivos do mundo. O tradicional espetáculo musical no intervalo esteve, este ano, a cargo da cantora pop Katy Perry.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.