sicnot

Perfil

Cultura

Afonso Cruz vence Prémio Nacional de Ilustração 2014 com "Capital"

O escritor Afonso Cruz venceu por unanimidade o Prémio Nacional de Ilustração 2014, com o livro "Capital", uma narrativa visual "aberta a públicos de todas as idades", anunciou hoje o júri.

pato-logico.com

"Capital", editado em 2014 pela Pato Lógico, conta a história, sem recurso a palavras, da transformação de um rapaz, que um dia recebe um mealheiro em forma de porco. O júri destaca a "singeleza formal" da obra e o cruzamento de ideias sobre "a amizade, o engodo, a cobiça, a ascensão social, a ecologia, a ambição, a traição, a escravatura, a ingenuidade".

Afonso Cruz, escritor, músico e ilustrador, é autor de vários livros ilustrados para a infância - em nome próprio ou para outros autores - tendo editado, por exemplo, "A contradição Humana", "O livro do ano" e "Os pássaros".

O júri do Prémio Nacional de Ilustração atribuiu ainda duas menções especiais às obras "Lá fora", com ilustração de Bernardo Carvalho - e texto das biólogas Maria Ana Peixe Dias e Inês Teixeira do Rosário - e "Com o tempo", de Madalena Matoso, para um texto de Isabel Minhós Martins.

Os dois livros foram publicados pela editora Planeta Tangerina.

O júri destacou ainda a obra "Wonderporto", com ilustração de Cátia Vidinhas e texto de Adélia Carvalho, editado pela Tcharan.

O Prémio Nacional de Ilustração, criado em 1996, é uma iniciativa da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB) e distingue anualmente obras publicadas em Portugal que se tenham destacado na área da ilustração.

Na análise das obras a concurso, o júri elogia a participação de ilustradores "com espaço já conquistado no panorama editorial português e opções estéticas consolidadas". 

"De entre estes, foi evidente o aumento significativo de ilustradores a assumir o estatuto de escritores ou a construir as suas propostas visuais apenas sobre títulos", lê-se na ata.

Apesar disso, o júri lamentou que, entre as 77 obras analisadas, algumas tenham evidenciado "um descuido incompreensível ao nível do design gráfico que se traduz num desrespeito pelo trabalho do ilustrador e denota a inexistência de sinergias editoriais que uma vez mais resultam no empobrecimento do projeto".

O júri desta 19.ª edição contou com os autores e investigadores Adriana Baptista, Pedro Moura e Vera Oliveira. 

Nesta edição do Prémio Nacional de Ilustração foram avaliadas 77 obras, de 54 ilustradores e 56 autores de texto, publicadas por 35 editoras (e uma edição de autor). 

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.