sicnot

Perfil

Cultura

Fundação austríaca apresenta manuscrito inédito de Mozart

A Fundação Mozarteum de Salzburgo apresentou esta quarta-feira naquela cidade austríaca um manuscrito do compositor Wolfgang Amadeus Mozart, datada da sua adolescência, que adquiriu por 237 mil euros num leilão da Sotheby's.

O manuscrito, vendido por um privado num leilão organizado em maio pela leiloeira Sotheby's, em Londres, tem ainda anotações do pai do compositor, Leopold Mozart. (Arquivo)

O manuscrito, vendido por um privado num leilão organizado em maio pela leiloeira Sotheby's, em Londres, tem ainda anotações do pai do compositor, Leopold Mozart. (Arquivo)

AP Images

Em exposição durante o Festival de música e drama de Salzburgo, cidade natal de Mozart, o documento de 12 páginas é uma transcrição do hino religioso Stabat Mater, de Eugenio di Ligniville, mestre italiano do contraponto musical.

O manuscrito, vendido por um privado num leilão organizado em maio pela leiloeira Sotheby's, em Londres, tem ainda anotações do pai do compositor, Leopold Mozart.

Especialistas concluíram que o documento data de 1773, quando Mozart tinha apenas 17 anos.

"É um dos mais impressionantes manuscritos dos estudos musicais de Mozart em Salzburgo, que decorreram de 1772 a 1774", nota a descrição do lote pela Sotheby's, citada pela agência France Presse (AFP).

"Mozart provavelmente conheceu a composição quando se encontrou com o compositor [Eugenio di Ligniville] em abril de 1770 em Florença, durante a sua primeira viagem por Itália", continua a descrição, acrescentando que, na altura, Ligniville era diretor de música na corte toscana.

A Fundação Mozarteum de Salzburgo, que alberga mais de metade dos manuscritos conhecidos da família Mozart, declarou que a aquisição do mais recente documento só foi possível com uma doação.

"A maioria dos manuscritos de Mozart fazem já há algum tempo parte de coleções acessíveis ao público, mas um pequeno número de documentos continua fora do alcance dos especialistas", afirmou em comunicado, citado pela AFP, a fundação, que não tem fins lucrativos.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57

    Mundo

    Um casal foi detido na Califórnia acusado de tortura e escravidão dos 13 filhos: o mais velho tinha 29 anos e a mais nova dois. A polícia encontrou um cenário de horror quando entrou na casa da família, depois de uma das filhas ter fugido pela janela. Crianças e jovens estavam amarrados às camas e todos estavam mal alimentados. Mas nas redes sociais, o casal Turpin divulgava imagens de uma família feliz.

  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45
  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38