sicnot

Perfil

Cultura

Diz-me que música ouves, dir-te-ei quem és

O gosto musical pode ser um bom indicador da forma de pensar e ser de uma pessoa, afirma um estudo científico.

Metallica é um dos grupos preferidos de pessoas com mais capacidade para a sistematização e análise.

Metallica é um dos grupos preferidos de pessoas com mais capacidade para a sistematização e análise.

REUTERS

Psicólogos da Universidade de Cambridge concluíram que as músicas que ouvimos são determinadas pela nossa personalidade, sendo que dividiram a personalidade nos dois grande grupos da teoria da empatia-sistematização, desenvolvida por Baron-Cohen.

Assim, aqueles que são mais empáticos preferem música mais melodiosa e tranquila. Aqueles com mais capacidade de sistematizar ouvem punk, heavy metal, música mais complexa em geral.

Os investigadores recrutaram 4 mil voluntários e realizaram com eles diversos testes. Os primeiros foram para determinar se tinham uma personalidade mais empática ou mais sistematizadora. Depois ouviram 50 pequenas peças de música de 26 estilos diferentes e foi-lhes pedido que dessem notas de 1 a 10.

As pessoas com níveis mais elevados de empatia, deram notas mais altas aos sons de R&B, folk, country e soft rock (baladas rock, por exemplo). E não gostaram de música mais "intensa" como punk, hard rock ou heavy metal. Como exemplo, a maioria gostou da versão de Jeff Buckley da música "Hallelujah" de Leonard Cohen.

Aquelas com tendência para ser mais analíticas, preferiram música mais "intensa", como foi o caso de "Enter Sandman", dos Metallica, e deram notas mais baixas aos sons mais "tranquilos".

O principal autor do estudo publicado na revista PLOS ONE, David Greenberg, sublinha que estas conclusões podem ser úteis para a indústria musical. "É investido muito dinheiro nos algoritmos para escolher as músicas no Spotify e na Aplle Music, por exemplo, e estas conclusões podem ser úteis para recomendações mais personalizadas".

As músicas preferidas dos dois grupos:

Empáticos

Hallelujah - Jeff Buckley
Come away with me - Norah Jones
All of me - Billie Holliday
Crazy little thing called love - Queen

Sistematizadores

Concerto in C - Antonio Vivaldi
Etude Opus 65 No 3 - Alexander Scriabin
God save the Queen - The Sex Pistols
Enter Sandman - Metallica

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.