sicnot

Perfil

Cultura

China retirou da Internet 2,2 milhões de músicas sem direitos de autor em julho

As autoridades chinesas retiraram 2,2 milhões de músicas sem direitos de autor da Internet em julho, o primeiro mês de uma campanha contra a pirataria, informou a Administração Nacional de Direitos de Autor, citada hoje pela agência Xinhua.

© Paul Yeung / Reuters

Desconhece-se, porém, se alguma companhia foi punida por oferecer música sem pagar os respetivos direitos, ainda que o organismo responsável por proteger a propriedade intelectual na China tenha destacado os "esforços" das empresas por cooperar com as autoridades.

O regulador afirmou ainda que vai procurar fórmulas para que os serviços de música em 'streaming' continuem a funcionar e, ao mesmo tempo, paguem os direitos correspondentes.

Na China, plataformas como o Xiami Music, do gigante do comércio eletrónico Alibaba, ou o QQ Music, da Tencent, a maior empresa chinesa de serviços de Internet e para telemóveis, oferecem música gratuitamente através da rede e gozam de grande popularidade.

A Administração Nacional de Direitos de Autor ordenou, no início de julho, às empresas que fornecem serviços na Internet que retirassem a música que não tivesse licença da rede, advertindo-as para "severas punições" em caso de incumprimento.

Esta campanha tenta dar credibilidade ao sistema de proteção da propriedade intelectual na segunda economia mundial, onde as violações dos direitos da mesma são prática frequente e motivo recorrente de conflitos comerciais com os Estados Unidos, União Europeia ou Japão.

Lusa

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.