sicnot

Perfil

Cultura

China retirou da Internet 2,2 milhões de músicas sem direitos de autor em julho

As autoridades chinesas retiraram 2,2 milhões de músicas sem direitos de autor da Internet em julho, o primeiro mês de uma campanha contra a pirataria, informou a Administração Nacional de Direitos de Autor, citada hoje pela agência Xinhua.

© Paul Yeung / Reuters

Desconhece-se, porém, se alguma companhia foi punida por oferecer música sem pagar os respetivos direitos, ainda que o organismo responsável por proteger a propriedade intelectual na China tenha destacado os "esforços" das empresas por cooperar com as autoridades.

O regulador afirmou ainda que vai procurar fórmulas para que os serviços de música em 'streaming' continuem a funcionar e, ao mesmo tempo, paguem os direitos correspondentes.

Na China, plataformas como o Xiami Music, do gigante do comércio eletrónico Alibaba, ou o QQ Music, da Tencent, a maior empresa chinesa de serviços de Internet e para telemóveis, oferecem música gratuitamente através da rede e gozam de grande popularidade.

A Administração Nacional de Direitos de Autor ordenou, no início de julho, às empresas que fornecem serviços na Internet que retirassem a música que não tivesse licença da rede, advertindo-as para "severas punições" em caso de incumprimento.

Esta campanha tenta dar credibilidade ao sistema de proteção da propriedade intelectual na segunda economia mundial, onde as violações dos direitos da mesma são prática frequente e motivo recorrente de conflitos comerciais com os Estados Unidos, União Europeia ou Japão.

Lusa

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas chegou este sábado a acordo sobre o cessar-fogo na Síria, depois de três dias de intensas negociações para evitar o veto da Rússia. As tréguas vão durar 30 dias e permitir a entrada de ajuda humanitária em Ghouta Oriental, a região mais atingida pela guerra na Síria, nesta altura. Em apenas sete dias, os bombardeamentos do regime fizeram mais de 500 mortos.

  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • PS e PSD querem acordo sobre fundos e descentralização até ao verão
    3:07
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35