sicnot

Perfil

Cultura

Teatro D. Maria II vai ter obras e avaliar estado do dispositivo de palco

O conselho de administração do Teatro Nacional D. Maria II (TNDM), em Lisboa, tem previsto um conjunto de intervenções no edifício, nomeadamente na livraria e no espaço de café, disse à Lusa o seu presidente, Miguel Honrado.

(DR)

(DR)

O responsável adiantou que, já este mês, vai também ser analisado o estado do dispositivo de palco, nomeadamente da maquinaria, "talvez o mais profundo diagnóstico desde a reabertura do teatro, em 1978".

Miguel Honrado afirmou que as obras previstas na livraria e no espaço de café visam criar "um maior diálogo" entre o átrio, "que se chamará Garrett, e a livraria, de modo a fazer um ponto de encontro" e promover a "difusão cultural".

Neste conjunto de intervenções, cofinanciadas por fundos europeus, está ainda prevista a "manutenção e reabilitação de algumas estruturas técnicas do edifício, assim como a impermeabilização do telhado e a acessibilidade a públicos com dificuldades especiais".

A empreitada de obra e a concessão do Café Garrett serão por ajuste direto, disse Miguel Honrado, pois os valores orçamentados estão "abaixo dos que obrigam à abertura de concurso público".

As áreas de arquivo e biblioteca são apostas para este triénio e, por isso, estão a ser desenvolvidos "instrumentos tecnológicos mais apurados", dando continuidade ao trabalho de inventariação e catalogação.

Miguel Honrado disse que o TNDM "está atento" ao programa comunitário 2020, que privilegia as novas tecnologias e a informação em meio digital, com o objetivo de apresentar uma candidatura.

O TNDM, revelou, tem um novo armazém na zona oriental de Lisboa, em Cabo Ruivo, que "estará operacional até ao final do ano" e irá permitir "albergar em muito melhores condições", os serviços de arquivo e as oficinas.

O novo armazém pode ainda vir a ter um espaço de manutenção e restauro da parte documental e da cenográfica.

Sobre o estado do edifício do TNDM, no Rossio, que está a completar 170 anos, Miguel Honrado disse que "as fugas de gás estão acauteladas, e foi possível recorrer às situações de maior premência e urgência".

Em 2016, o TNDM celebra 170 anos, tendo sido inaugurado no dia de aniversário da rainha D. Maria II, a 13 de abril de 1846, por iniciativa do dramaturgo Almeida Garrett, que também promoveu a fundação do Conservatório Geral de Arte Dramática.

Em 1964 o edifício sofreu um incêndio, foi restaurado e reinaugurado catorze anos depois.

Lusa

  • Biológicos nas escolas e nos telemóveis

    País

    O Governo vai criar o Dia Nacional da Alimentação Biológica e uma estratégia que passa por distribuir produtos biológicos nas escolas e criar uma aplicação móvel para os portugueses poderem localizar unidades de produção ou comercialização de produtos biológicos, segundo a Estratégia Nacional que será hoje apresentada.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.