sicnot

Perfil

Cultura

"Cosmos", produzido por Paulo Branco, vence Leopardo para Melhor Realização em Locarno

O filme "Cosmos", do polaco Andrzej Zulawski, produzido por Paulo Branco e rodado em Portugal, com atores portugueses, entre os quais Victoria Guerra, conquistou hoje o Leopardo para Melhor Realização no Festival de Locarno, informou fonte oficial.

URS FLUEELER

"Cosmos", uma "comédia metafísica" - como lhe chamou o crítico do Hollywood Reporter -, baseada no romance homónimo de Witold Gobrowicz, assinala o regresso de Andrzej Zulawski ao cinema, após 15 anos sem filmar, foi um dos dois filmes portugueses que competiu no Festival de Cinema de Locarno (Suíça), que terminou hoje com a entrega de prémios.

"Maria do Mar", de João Rosas, uma curta-metragem de ficção, com que o realizador foi premiado em julho, no festival de Curtas de Vila do Conde, foi outro dos filmes portugueses em competição, na secção novos realizadores.

O filme gira em torno de Nicolau, um adolescente em férias, com os amigos do irmão mais velho.

Fora de competição, Locarno contou ainda com três outros filmes de produção portuguesa: "A glória de fazer cinema em Portugal", de Manuel Mozos, "Undisclosed Recipients", de Sandro Aguilar, e "Noite sem distância", do espanhol Lois Patiño.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.